Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

14 Novembro de 2019 | 17h50 - Actualizado em 14 Novembro de 2019 | 17h49

Ex-delegado da Justiça condenado a dez anos de prisão

Uíge - O ex- delegado provincial do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos no Uíge, Miguel Cutoca, foi condenado hoje (quinta-feira), nesta cidade, a dez anos de prisão pela prática de crime de peculato e de participação económica em negócios.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo com a sentença lida pelo juiz da sala dos crimes do Tribunal Provincial, Domingos Dembo, o réu terá subtraído dos cofres do estado 652. 830. 223, 30 (seiscentos e 52 milhões, oitocentos e 30 mil e 223 Kwanzas), transferidos para a empresa SOMOFIL, sua propriedade.

Com o dinheiro, Miguel Cutoca, que exerceu o cargo entre 2010 a 2018, adquiriu viaturas top de gamas, residências e empreendimentos económicos nas cidades de Luanda e Uíge.

O réu foi ainda condenado a indemnizar o Estado no valor de  628 milhões 929 mil 863 Kwanzas, bem como a pagar uma taxa de justiça de um milhão de kwanzas.

Em função da decisão do juiz, a advogada do réu, Agbessi Cora Neto, em declarações à imprensa, mostrou-se inconformada com a decisão, por entender haver factos que não foram suficientemente provados.

Assuntos Justiça   Província » Uíge  

Leia também
  • 12/11/2019 18:45:44

    Ministério Público pede condenação do general "Zé Maria"

    Luanda - O Ministério Público pediu hoje, terça-feira, em tribunal, a condenação do general António José Maria "Zé Maria" por crime de insubordinação e extravio de documentos de carácter militar, por, no seu entender, terem sido produzidas provas que confirmam a veracidade dos factos.

  • 09/11/2019 08:29:16

    Aberta segunda campanha "BI da Dipanda" em Angola

    Luanda - A segunda Campanha Nacional de Registo, Emissão de Assento de Nascimento e de Bilhete de Identidade, denominada "BI da Dipanda", foi aberta hoje, sábado, em todas as repartições e conservatórias angolanas.

  • 08/11/2019 14:38:13

    Centro de produção prevê emitir 20 mil BI por dia

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, inaugurou nesta sexta-feira, em Luanda, o Centro de Produção e Controlo do Bilhete de Identidade, com capacidade para emitir 20 mil exemplares por dia.