Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

29 Novembro de 2019 | 18h26 - Actualizado em 29 Novembro de 2019 | 18h25

Identificadas 300 campas de guerrilheiros sul-africanos

Caxito - Trezentos túmulos de combatentes anti-apartheid, tombados em Angola durante a luta contra o regime segregacionista da África do Sul, foram identificados em Quibaxi, município dos Dembos, província do Bengo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira do ANC

Foto: Divulgação

A informação foi prestada hoje pelo chefe do grupo técnico para a construção do monumento em memória daqueles combatentes, Nontobeko Mafu, no final de uma visita efectuada às campas dos antigos guerrilheiros do ANC, por uma delegação de militares e veteranos da pátria da África do Sul.

Nontobeko Mafu aventou, no entanto, a hipótese de se encontrarem outros lugares onde foram sepultados compatriotas seus (sul-africanos).

Disse que este trabalho insere-se no programa de construção, em Angola, de um monumento em homenagem a todos sul-africanos que se bateram contra o regime do apartheid.

Em Angola, lembrou, o ANC tinha várias bases, mas a central estava localizada no município de Viana, em Luanda, onde será construído o referido monumento.

Reconheceu o apoio de Angola à luta do povo sul-africano. “Um país onde vivíamos livremente e até  hoje continuamos a beneficiar destas boas relações”.

Por seu turno, o membro do Comité Executivo do ANC, Belly Masethla, disse que está a ser tratada, com as autoridades angolanas, a documentação necessária para a construção do memorial, cuja obra deverá ter início em 2020.

Destacou a colaboração prestada pelas autoridades angolanas para que o processo seja concluído com êxito.

Esta é a segunda vez que uma delegação de militares e veteranos sul-africanos se desloca à província  do Bengo, com o objectivo de localizar o túmulo dos combatentes tombados em Angola.

O Congresso Nacional Africano (ANC) foi o maior mobilizador da população para a luta contra o sistema de segregação racial da África do Sul.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também
  • 28/11/2019 20:20:12

    Novo secretário da Unita no Bengo aposta na juventude

    Caxito - O novo secretário provincial da Unita no Bengo, Armando Álvaro Buala, apontou hoje (quinta-feira), a estruturação do seu partido com quadros competentes, com foco na juventude e nas mulheres, como um dos seus principais desafios.

  • 06/11/2019 13:31:13

    JMPLA aposta na moralização da sociedade

    Caxito - O 1º secretário nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos, afirmou terça-feira, em Caxito, província do Bengo, que o actual contexto do país, marcado por transformações estruturais, impõe à organização juvenil do MPLA desafios acrescidos, entre os quais o apoio a campanha de moralização da sociedade.

  • 05/11/2019 20:36:08

    Candidatos à presidência da UNITA continuam campanha

    Saurimo - A oito dias do XIII congresso ordinário da UNITA, a realizar-se de 13 a 15 de Novembro, os candidatos à presidência deste partido continuam a desdobrar-se pelo interior do país para tentar conquistar o voto dos 1.150 delegados ao conclave.