Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

14 Dezembro de 2019 | 10h18 - Actualizado em 14 Dezembro de 2019 | 10h18

Resenha: Eleição de angolano a SG da ACP domina noticiário político

Luanda - A eleição do candidato de Angola, Georges Rebelo Chikoti, a secretário-geral do grupo África, Caraíbas e Pacífico (ACP), para os próximos cinco anos, dominou o noticiário de carácter político divulgado pela Angop nos últimos sete dias.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Kenya: Georges Rebelo Chikoti- Secretário-geral eleito da ACP

Foto: Alberto Juliao


Na sequência, o Presidente da República, João Lourenço, valorizou a eleição do actual embaixador de Angola na Bélgica e antigo ministro das Relações Exteriores.
O grupo ACP zela pela cooperação da Europa com os 79 Estados de África, Caraíbas e do Pacífico (ACP), signatários do acordo de Cotonou (Benin) de 2000.
Entre os destaques da semana esteve o início do julgamento do “Caso USD 500 milhões” que envolve o antigo presidente do Fundo Soberano, José Filomeno dos Santos, e o ex-governador do Banco Nacional de Angola, Valter Filipe.
No mesmo processo são, igualmente, arguidos Jorge Gaudens Pontes Sebastião e António Samalia Bule Manuel.
Ainda no sector da Justiça, a semana ficou marcada pela redução da pena do ex-ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, de 14 para oito anos e quatro meses de prisão, numa acção do Tribunal Supremo.
O ex-ministro foi condenado por peculato, violação das normas de execução do plano e orçamento e por participação económica em negócios.
No decurso da semana, Angola e o Brasil assinaram um acordo de cooperação sobre segurança e ordem interna, por ocasião da visita a Luanda do chefe da diplomacia brasileira, Ernesto Fraga Araújo.
Ainda no segmento da Justiça, o país assinalou o dia mundial de combate à corrupção, tendo o ministro da Justiça e do Direitos Humanos, Francisco Queirós, enaltecido o esforço do Executivo no combate a este mal.
Foi também nesta semana que os governos das províncias da Lunda Norte (Angola) e Kwango (República Democrática do Congo/RDC), acordaram em intensificar acções conjuntas de patrulhamento da fronteira comum.

O acordo visa mitigar a migração ilegal, o contrabando de combustível e a fuga ao fisco na fronteira comum.
Numa declaração no quadro das festividades do 63º aniversário da fundação do MPLA, o seu Bureau Político condenou as acções que visam criar um clima de tensão social e de descrença nas mudanças políticas, sociais e económicas lideradas pelo Presidente da República, João Lourenço.

Leia também
  • 14/12/2019 00:39:31

    Angola segue memorando de entendimento entre Ruanda e Uganda

    Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Manuel Domingos Augusto, participou nesta sexta-feira, em Kampala (Uganda), na 2ª reunião do Comité Ad Hoc para a implementação do Memorando de Entendimento entre o Ruanda e o Uganda.

  • 13/12/2019 21:05:16

    MPLA reabre gabinete para reforço do exercício da cidadania

    Luanda - Com objectivo de reforçar o exercício da cidadania e abrir o espaço de diálogo com os membros da sociedade civil, o partido no poder em Angola (MPLA) reabriu hoje o seu Gabinete para Cidadania e Sociedade Civil, que esteve inoperante durante dois anos.

  • 13/12/2019 17:42:29

    PR destaca cooperação com Quénia

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, destacou, nesta sexta-feira, os sólidos laços de amizade e cooperação que unem Angola e o Quénia.