Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

07 Março de 2019 | 12h35 - Actualizado em 07 Março de 2019 | 12h33

Jovens devem inspirar-se nos ideais e bravura dos ex-guerrilheiros

Caxito - O secretário de Estado dos Antigos Combates e Veteranos da Pátria, Clemente Cunjuca, exortou quarta-feira, no Humba, comuna de Quicabo (Dande), província do Bengo, os jovens angolanos no sentido de se inspirarem na robustez e bravura dos ex-guerrilheiros.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao falar na abertura das jornadas alusivas ao dia da Expansão da Luta de Libertação Nacional, que se assinala a 15 de Março, Clemente Cunjuca disse que 95 por cento dos guerrilheiros (MPLA, FNLA e UNITA) foram conduzidos por camponeses que durante 14 anos lutaram contra o exército português.

“Foi no Humba de onde partiram muitos dos melhores filhos de Angola para abraçar o amplo movimento da luta de libertação nacional, que terminou com a proclamação da independência nacional” sublinhou.

Sublinhou que a nova geração deve transformar a força dos antigos combatentes preservando as conquistas já alcançadas para o desenvolvimento do país.

“Se a guerra formou bons oficiais e generais, a paz deve formar bons cientistas, técnicos e patriotas para vivermos num país melhor e em paz”, disse.

Na ocasião os antigos combatentes e veteranos da pátria leram uma mensagem onde defendem a construção de um monumento histórico em homenagem aos heróis da batalha do Humba-Quicabo (Dande) e Bernon-Ngalama (Nambuangongo).

O programa alusivo ao 15 de Março prevê a realização de actos políticos, palestras, acções recreativa e desportivas.

Este ano o dia da Expansão da Luta de Libertação Nacional comemora-se sob o lema “ 15 de Março de 1961 Libertadores Unidos, Angola Fortalecida”.

No Bengo, o gabinete provincial controla 10 mil e 303 pensionistas, entre antigos combatentes, deficientes físicos de guerra, viúvas e órfãos.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também
  • 15/02/2019 19:11:05

    MPLA prepara quadros para autarquias

    Caxito - Há um ano da realização das eleições autárquicas, o MPLA intensifica a formação de quadros e dirigentes daquele partido, tendo desta vez a acção chegado ao município do Dande, na província do Bengo, a norte de Luanda.

  • 11/02/2019 15:45:21

    MPLA quer maior moralização da sociedade

    Caxito - O MPLA, partido no poder em Angola, propõe na sua agenda política, a curto prazo, um projecto de moralização da sociedade assente no resgate dos bons hábitos, valores patrióticos e no respeito a coisa pública.

  • 05/01/2019 16:35:55

    Justiça deve dar resposta eficiente à corrupção

    Caxito - A presidente do Tribunal Provincial do Bengo, Maria Cristóvão Pacavira, recomendou aos órgãos que intervém na administração da Justiça da província do Bengo a estarem amplamente municiados de técnicas e conhecimentos elevados para dar resposta adequada aos casos de corrupção e branqueamento de capitais que eventualmente surjam.