Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

14 Março de 2019 | 15h09 - Actualizado em 14 Março de 2019 | 15h09

Exército aposta na formação para prevenção da indisciplina

Huambo - A indisciplina e a criminalidade no Exército, um dos três ramos militares das Forças Armadas Angolanas, vão ser prevenidas com o reforço da elevação da educação jurídica do efectivo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O anúncio foi feito hoje, quinta-feira, na província do Huambo, pelo procurador militar do Exército, brigadeiro Pedro Simão Luís, durante a abertura da 5ª reunião metodológica dos órgãos de justiça militar deste ramo castrense.

Disse que, no âmbito da consolidação da educação patriótica e cívica dos militantes, o reforço da educação jurídica e prevenção criminal é fundamental para a concretização dos desafios de combater a indisciplina e a criminalidade militar.

Para o efeito, informou que serão realizadas acções formativas dirigida aos especialistas dos órgãos de justiça militar, para que assumam, com maior domínio, a responsabilidade de manter a ordem jurídica no seio da tropa.

“Só teremos um Exército organizado e disciplinado se os órgãos de justiça forem mais fortes e actuantes na garantia e manutenção da educação jurídica dos militares, assim como na sua melhor preparação dentro do processo de reestruturação e modernização das Forças Armadas Angolanas”, continuou.

A 5ª reunião metodológica dos órgãos de justiça militar do Exército, a decorrer até sexta-feira na escola de condutores auto-bilidandos, na comuna da Chipipa, 18 quilómetros da cidade do Huambo, tem como lema “Órgãos de justiça, unidos no combate à indisciplina e a criminalidade, reforcemos a educação jurídica e prevenção criminal”.

Estão a participar no evento especialistas dos órgãos de justiça da procuradoria militar, polícia judiciária militar e do gabinete de apoio ao conselho de disciplina do Exército que vão apreciar o relatório anual de 2018, o estado criminal no Exército e analisar a Lei 25/15, de 18 de Setembro, lei das medidas cautelares em processo penal, lei 13/18 de 29 de Outubro, lei das carreiras militares e a vigência das normas reguladoras de disciplina militar.

Leia também
  • 14/03/2019 14:56:26

    Novo comandante da PN prioriza combate aos crimes violentos

    Huambo - O combate aos crimes violentos, que resultam em mortes, é a prioriodade do novo comandante da Polícia Nacional na província do Huambo, comissário Francisco Monteiro Ribas, apresentado hoje, quinta-feira.

  • 14/03/2019 14:17:56

    Unita defende urgência da fiscalização aos agendes comerciais

    Luena - O secretário provincial da UNITA no Moxico, João Muzaza Caweza, defendeu quarta-feira, na região, a necessidade urgente da intensificação das acções de fiscalização aos agentes comerciais, sobretudo àqueles que de modo desonesto fazem subir os preços dos produtos.

  • 13/03/2019 11:05:12

    UNITA enaltece novo momento político do país

    Lubango - O secretário provincial da UNITA na Huíla, Augusto Samuel, enalteceu, terça-feira, no Lubango, as acções do governo provincial tendentes à melhoria da convivência política entre a população, em função do novo momento político que o país vive.