Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

21 Março de 2019 | 16h40 - Actualizado em 21 Março de 2019 | 17h04

Bornito de Sousa quer maior participação comunitária na Baía Farta

Baía Farta - O vice-presidente da República, Bornito de Sousa, exortou nesta quinta-feira, na Baía Farta, a um maior envolvimento dos munícipes na resolução dos problemas locais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vice-presidente cumprimenta populares

Foto: Antonio Escrivao

Bornito de Sousa falava à imprensa no final de uma reunião com membros do Conselho de Concertação e de apresentação do Plano Director do município da Baía Farta, no quadro da visita de 48 horas que efectua à província de Benguela.

Disse haver um grande interesse das comunidades de alavancar o grande potencial turístico e a agricultura e em promover o bem-estar geral.

Quanto a assistência às vitimas das enxurradas que assolam a província, declarou que o Presidente da República, João Lourenço, está atento e busca soluções, como o desassoreamento de valas de drenagem e o realojamento das populações afectadas.

Exigiu das autoridades administrativas maior rigor e capacidade de convencimento das populações, para se evitar a construção em áreas de risco e sinistros que provocam mortes.

Baía Farta pede advocacia para superar problemas sociais

O administrador municipal da Baía Farta, José Francisco Ferreira, solicitou a advocacia do vice-presidente da República para superar problemas sociais, tais como a necessidade de construir 210 novas salas de aulas e a conclusão das obras do hospital municipal, para se evitar a sobrelotação do hospital geral de Benguela.

Pediu ainda a intervenção de Bornito de Sousa para a admissão de 221 professores do ensino primário e 129 para o ensino secundário, o recrutamento de 20 médicos, 249 enfermeiros, 102 técnicos de diagnóstico e 180 administrativos.

José Francisco Ferreira quer o aumento da capacidade das redes de distribuição de água potável e de energia eléctrica, electrificação das comunas do Dombe Grande, Kalohanga e Equimina, limpeza de valas e desassoreamento de leito de rios.

O administrador considera também essencial o fomento à produção com o financiamento de micro, pequenos e médios projectos para a criação de empregos e aumento da renda das famílias.

O porta-voz do Conselho Municipal de Auscultação Social, Francisco Gabriel, disse ter pedido apoio aos camponeses e criadores de gado, devido a estiagem e a falta de pasto para o gado.

Francisco Gabriel acredita que o plano director municipal pode ajudar a resolver os principais  problemas das comunidades.

O vice-presidente da República concedeu ainda uma audiência colectiva aos agentes de desenvolvimento comunitários e sanitários (ADECOS).

Leia também
  • 21/03/2019 18:39:47

    Vice-presidente da República a caminho de Luanda

    Benguela - o vice-presidente da República, Bornito de Sousa, deixou já a província de Benguela com destino a Luanda, depois de cumprir uma visita de trabalho de 48 horas nesta circunscrição.

  • 20/03/2019 20:17:14

    Apoio condiciona construção de navios na Baía Farta

    Benguela - As maiores empresas do ramo pesqueiro na Baía Farta (Benguela) apelaram nesta quarta-feira ao apoio do Estado para investir na edificação de um estaleiro para a construção e reparação de embarcações industriais e semi-industriais e o melhoramento do sistema de processamento do pescado.

  • 20/03/2019 09:53:55

    Bornito de Sousa conforta sinistrados da Catumbela

    Benguela - O vice-presidente da República, Bornito de Sousa, transmitiu nesta quarta-feira a sua solidariedade às famílias sinistradas pelas enxurradas, que no fim-de-semana passado causaram 12 mortes na Catumbela.