Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

22 Março de 2019 | 16h04 - Actualizado em 22 Março de 2019 | 17h22

Hyundai vai montar veículos em Angola

Luanda - A companhia sul-coreana Hyundai Motors prepara-se para, a curto-prazo, instalar, em Angola, uma fábrica de montagem de veículos pesados, anunciou nesta sexta-feira, em Luanda, o responsável pela área comercial da multinacional, Seong Kwon Han.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Responsável pela área comercial da multinacional, Seong Kwon Han

Foto: Francisco Miudo

Presidente da República, João Lourenço, recebe delegação da Hyundai Motors

Foto: Francisco Miúdo

A Hyundai é uma das dez marcas mais referenciadas do mundo. Vendeu, em 2018, 5.483.684 de unidades.

Em declarações à imprensa, depois de uma audiência concedida pelo Presidente João Lourenço, Seong Kwon Han disse que, numa primeira fase, a futura fábrica vai montar autocarros e camiões.

Com o Chefe  de Estado angolano, "analisámos a estratégia e a política de preços, bem como a qualidade das peças sobressalentes que darão suporte ao processo de montagem", disse.

Seong Kwon Han afirmou que o projecto, além de Angola, deverá expandir-se aos mercados dos países vizinhos.

A intenção da Hyundai Motors de instalar uma unidade de montagem de automóveis num país africano de língua portuguesa não é inédita.

Em 2014, a companhia sul-coreana inaugurou, em Moçambique, uma unidade semelhante denominada “Somyoung Motors”, num investimento privado moçambicano e sul-coreano, avaliado em 5, 45 milhões de dólares norte-americanos.

Leia também
  • 22/03/2019 17:08:23

    Comissão económica aprova estratégia de endividamento

    Luanda - A Comissão Económica do Conselho de Ministros aprovou nesta sexta-feira a estratégia de endividamento de médio prazo (2019-2021), que visa estabelecer metas e objectivos mais concretos no âmbito da contratação de novos financiamentos e realizar uma gestão mais prudente do custo e risco da carteira da dívida directa e indirecta.

  • 22/03/2019 12:57:17

    Apenas 52% de angolanos têm água potável

    Luanda - Apenas 52 por cento da população angolana tem acesso à água potável, informou, nesta sexta-feira, o Presidente da República, João Lourenço.

  • 21/03/2019 18:48:16

    Especialista alerta para perigo das Fake News

    Luanda - As primeiras eleições autárquicas em Angola, previstas para 2020, poderão ser "uma porta de entrada" para a divulgação em massa de falsas notícias nas redes sociais, advertiu, nesta quinta-feira, o consultor brasileiro Wellington Calasans de Lima.