Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Abril de 2019 | 18h02 - Actualizado em 12 Abril de 2019 | 18h28

Cuanza Sul: Comissão Eleitoral ganha nova infraestrutura

Sumbe - A Comissão Provincial Eleitoral (CPE) do Cuanza Sul tem, desde, hoje, uma nova infraestrutura, que visa coordenar, conduzir e executar os processos eleitorais na região.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da CNE descerra a placa

Foto: Joaquim Tomás

Implantada numa área de cinco mil metros quadrados, a nova sede está localizada na comunidade da Quibaúla, 20 quilómetros da cidade do Sumbe, tem departamentos administrativos, técnicos e logísticos.

As obras de construção, de raiz, decorreram no período de 2014 a 2018. Os custos não foram avançados e, com este acto, a CPE deixa de funcionar nas instalações que é propriedade do Estado angolano.

 O descerramento da placa que marcou a inauguração do edifício coube ao presidente do Comissão Nacional Eleitoral, André da Silva Neto, que realçou ser o culminar de uma série de inaugurações iniciadas em 2017 no país.

 Por concluir, tão logo haja cabimentação financeira e a posterior inauguração, estão igualmente as sedes da CPE nas províncias do Uíge, Malanje, Bié, Lundas Norte e Sul.

 Relativamente as eleições autárquicas, André da Silva Neto se escusou falar sobre o assunto, por não haver ainda leis aprovadas, “Somos executores dos processos eleitorais e as eleições são realizadas com base  num diploma legal.”

 Nas eleições gerais de 2017, a CPE no Cuanza Sul coordenou 1.505 mesas de escrutinadas, 812 assembleias de voto., Pelo menos 545.527 eleitores foram registados e  430.866 exerceram o seu direito ao voto, dos quais 19.912 foram em branco, 5.992  nulos, perfazendo uma participação de 94 porcento de participação dos eleitores.

 A sua chegada, o presidente da CNE foi recebido pelo vice-governador do Cuanza Sul para o sector político, Joaquim Ricardo de Almeida, Presenciaram o acto de inauguração, comissários da CPE, membros do governo e convidados.

Leia também