Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Abril de 2019 | 16h33 - Actualizado em 12 Abril de 2019 | 17h00

SIC detém cidadã por alegada venda de arma de fogo

Mbanza Kongo - Uma cidadã angolana de 44 anos de idade está detida desde quinta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, por posse e venda de arma de fogo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A acusada foi flagrada por agentes do Serviço de Investigação Criminal (SIC) no bairro 11 de Novembro, periferia da cidade, quando tentava vender, ao preço de 40 mil Kwanzas, uma pistola macarov, de acordo com declarações, hoje, à Angop, do porta-voz da Delegação provincial do Ministério do Interior, Carlos Fidel.

Segundo ainda a fonte, informações preliminares indicam que a detida, cujo nome não foi revelado, terá subtraído a referida pistola ao seu esposo, suposto agente da Polícia Nacional residente algures em Luanda.

Investigações preliminares levadas a cabo por especialistas do SIC dão conta que a mesma retirou a arma do seu esposo, sem o consentimento deste, e a levou para Mbanza Kongo para sua comercialização, referiu. A acção foi prontamente frustrada pelas forças da ordem, graças a denúncia dos cidadãos.

Carlos Fidel referiu que o processo desta cidadã corre os seus trâmites, devendo nos próximos dias ser remetido ao Ministério Público.

Quanto ao suposto comprador, o porta-voz da Delegação provincial do Ministério do Interior disse que este também está a contas com a justiça, embora esteja a responder em liberdade.

Este é o primeiro caso que a Polícia Nacional na província do Zaire regista desde o princípio deste ano.

      

Assuntos Crime   Província » Zaire  

Leia também
  • 11/04/2019 18:58:35

    Aeroporto 4 de Fevereiro preparado para combate ao crime

    Luanda - Apesar do elevado fluxo migratório registado diariamente (uma média de cinco mil passageiros), o Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro tem-se mostrado tranquilo e "inviolável", por dispor de meios técnicos e tecnológicos apropriados para o combate de práticas delituosas.

  • 06/04/2019 12:15:58

    Recusada entrada de estrangeiros por irregularidade migratória

    Mbanza Kongo - O Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) na província do Zaire; recusou nesta sexta-feira a entrada no território nacional de sete cidadãos da República Democrática do Congo (RDC), por irregularidade migratória.

  • 02/04/2019 17:15:31

    Sub-procurador pede firmeza nas denúncias

    Mbanza Kongo - O sub-procurador geral da República Titular da província do Zaire, Alexandre Chicaia, advogou nesta terça-feira, em Mbanza Kongo, firmeza nas denúncias de casos públicos por parte dos cidadãos.