Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

19 Abril de 2019 | 13h56 - Actualizado em 19 Abril de 2019 | 13h56

SME regista aumento de estrangeiros ilegais em Malanje

Malanje - Mil e 718 estrangeiros de nacionalidades diversas foram detidos no primeiro trimestre deste ano, pelo Serviço de Migração e Estrangeiros (SME), na província de Malanje, por estadia ilegal, com acréscimo de 263 em relação a igual período anterior.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Insígnia dos Serviços de Migração e estrangeiros de Angola

Foto: Tarcísio Vilela

A detenção dos estrangeiros é fruto do trabalho de coordenação com os órgãos de Justiça, de Defesa e Segurança, autoridades tradicionais e grupos religiosos que permitiu a descoberta, identificação e combate do fenómeno imigração ilegal.

A informação foi prestada quinta-feira, nesta cidade, pelo director provincial do SME, subcomissário de Migração Frederico Teles dos Santos, quando intervinha no acto  alusivo ao 43º aniversário do SME, que se assinala a 19 de Abril.

Relativamente ao movimento migratório na província, o responsável referiu que o órgão registou no período em balanço, mil e 309 casos consubstanciados em entradas e saídas do país de cidadãos nacionais e estrangeiros, mais 278 em relação ao igual período de 2018.

Acrescentou que no primeiro trimestre deste ano, o SME expulsou através do posto fronteiriço de Tembo-a-luma mil 280 cidadãos da RDC e 29 de outras nacionalidades, tendo ainda aplicado 37 multas por infracções migratórias.

Fez saber que 887 processos foram encaminhados ao Ministério Público junto do SME, bem como 57 cidadãos de diversas nacionalidades a Luanda, visando o repatriamento aos países de origem.

As actividades alusivas ao 43º aniversário da criação do Serviço de Migração e Estrangeiros decorrem sob o lema “SME 43 anos rumo a excelência no controlo migratório”.

Fundado a 19 de Abril de 1976, o SME é o órgão executivo do Ministério do Interior responsável por promover e coordenar a execução das medidas e acções inerentes ao controlo de entrada, trânsito, permanência, residência, saída e entrada de pessoas nas fronteiras terrestres, marítimas, fluviais e aéreas de Angola, pela aplicação dos procedimentos administrativos e físicos legalmente previstos. 

Leia também
  • 18/04/2019 20:35:55

    SME assinala 43 anos de existência

    Luanda - Sob o lema "SME - 43 anos, rumo a excelência no controlo migratório", o Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) celebra sexta-feira (19) mais um ano de existência.

  • 04/04/2019 20:08:17

    Manifestações políticas marcam festividades do Dia da Paz

    Huambo - Manifestações políticas e sociais, bem como a inauguração de empreendimentos públicos marcaram a celebração do 17º aniversário da paz em algumas províncias do país.

  • 30/03/2019 16:22:21

    Malanje: Magistrados do Ministério público continuam inseguros na província

    Malanje - O subprocurador-geral da República em Malanje, Carlos dos Santos, considerou hoje (sábado), que continua a reinar um clima de insegurança no seio dos magistrados do Ministério Públicos na província, por indícios de perseguição aos procuradores que investigam casos de corrupção.