Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Maio de 2019 | 23h15 - Actualizado em 12 Maio de 2019 | 23h15

PR inaugura viaduto

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, inaugurou, sábado último, em Luanda, o viaduto de ligação entre a estrada do Camama e a Avenida Comandante Pedro de Castro Van-dúnem "Loy".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da República, João Lourenço, inaugurou Viaduto de ligação Camama/Avenida Pedro de Castro Van-Dúnem Loy, no Golfe 2

Foto: Pedro Parente

Com um comprimento de 282 metros, as obras do nó viário, construído com rampas de acesso e tabuleiro de 80 metros, duraram oito meses e custaram aos cofres do Estado 26 milhões de euros.

De sentido único na estrada do Camama para a Comandante “Loy”, o nó, com duas faixas de rodagem, é o oitavo de um conjunto de 40 viadutos enquadrados no programa especial de obras públicas para a cidade de Luanda, segundo o ministro da Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida.

O governante adiantou que o programa de obras públicas obedece o plano director para a província de Luanda e as normas da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC).

A empreitada contemplou o alargamento de um troço de mil e 100 metros da via do Camama, para assegurar maior fluidez do tráfego rodoviário, segundo responsáveis do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA).

Apesar de os empreiteiros assegurarem comodidade e segurança dos utentes, moradores exigem a colocação de semáforos, pedonais ou quebra-molas para evitar-se o excesso de velocidade e eventuais atropelamentos.

Josefa Mafuta, Verónica Augusto e Teresa Catarina valorizaram o investimento por melhorar o acesso ao bairro, mas receiam pelas crianças e idosos na travessia da via.

O ministro das Obras Públicas, Manuel Tavares, afirmou que a construção dos viadutos concorre para a mudança da imagem da cidade e contribui para o desenvolvimento económico de Luanda.

O governante proferiu estas palavras durante a cerimónia de inauguração do viaduto de ligação Camama/Avenida Pedro Castro Van-Dunem “Loy”.

O ministro Manuel Tavares referiu ainda que com a construção dos viadutos estão a ser criadas condições para que Luanda seja equiparada a outras cidades desenvolvidas, de modo a atrair investimentos e proporcionar aos agentes económicos e à população ganhos significativos no seu quotidiano.

No entanto, referiu que falta ainda executar o alargamento de mil e 100 metros, partindo da Via Expressa à administração da Camama, que consiste numa via de serviço na zona comercial, para que a estrada de Camama esteja totalmente livre e torne o trânsito mais rápido.

Explicou que a obra é uma estrutura de betão com apenas dois pilares no seu eixo para vencer a via Pedro Castro Van-Dunem “Loy”, tendo garantido a sua segurança e qualidade.

Acrescentou que para acautelar-se a drenagem das águas e conter o arrastamento das terras, terá de se concluir a pavimentação asfáltica de cerca de três quilómetros de ruas na zona circundante ao viaduto.


 

Leia também
  • 08/11/2018 17:21:25

    Reino Unido confirma financiamento a Angola

    Luanda - A baronesa britânica Lindsay Northover, enviada especial da primeira-ministra, Theresa May, confirmou hoje, quinta-feira, que o governo do seu país tem disponível para Angola financiamento para projectos nos sectores da energia e saúde.

  • 08/11/2018 10:59:47

    Petrolífera ENI reafirma investimento em Angola

    Luanda - A multinacional do sector petrolífero ENI vai continuar a investir em Angola, um mercado onde, nos últimos 12 meses, a empresa registou um aumento da sua produção na ordem dos 50 mil barril/dia.

  • 08/11/2018 10:59:42

    Campus Universitário da UAN retoma obra da Fase 1

    Luanda - Os trabalhos de conclusão da Fase 1 das instalações do Campus Universitário da Universidade Agostinho Neto (UAN), no distrito urbano da Cidade Universitária, à Camama, em Luanda, vão ser retomadas em breve, dependendo unicamente da abertura do respectivo concurso público.