Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

17 Maio de 2019 | 14h52 - Actualizado em 17 Maio de 2019 | 14h52

Angola e Venezuela exploram novas áreas de cooperação

Luanda - Angola e Venezuela estão a explorar novas áreas de cooperação, privilegiando a vertente técnica, energia, hidrocarbonetos e o turismo, disse, nesta sexta-feira, em Luanda, o embaixador desse país sul-americano em Angola, Marlon José Labrador.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Embaixador da Venezuela em Angola, Marlon José Peña Labrador.

Foto: Nelson Malamba

Vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, durante audiência concedida ao embaixador da Venezuela em Angola, Marlon José Peña Labrador.

Foto: Nelson Malamba

O diplomata falava à imprensa após um encontro com a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, que serviu para a abordagem “das janelas de oportunidades entre o MPLA e o Partido Socialista Unido da Venezuela”.

Na linha do que Marlon José Labrador chamou de “arquitectura para as novas parcerias com o governo de Angola”, consta igualmente a identificação de oportunidades na actividade mineira, ensino superior, agricultura e cultura.

O embaixador acredita que ambos países estão interessados em aprofundar as áreas de cooperação com vantagens recíprocas.

Relativamente a situação económica da Venezuela, considerou de “complexa” devido ao bloqueio resultante das sanções coercivas unilaterais impostas pelo governo dos Estados Unidos da América.

O diplomata venezuelano disse que a economia do seu país está a ser atacada e as autoridades venezuelanas desenvolvem esforços para ultrapassar tal desafio de maneira pacífica.

Afirmou que o governo central da Venezuela encoraja os actores políticos nacionais ao diálogo e ao bom senso, para que as diferenças no jogo democrático sejam ultrapassadas.

O governo venezuelano comunicou, a 30 de Abril último, que o país estava a viver uma tentativa de golpe de Estado contra o seu Presidente Nicolás Maduro, numa altura em que se cumpria três meses da auto-proclamação do opositor Juan Guaidó como Presidente interino.

Assuntos Governo Central   Política  

Leia também