Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Junho de 2019 | 11h12 - Actualizado em 13 Junho de 2019 | 12h39

Angola no Fórum Africano contra a Corrupção

Sharm El-Sheikh - Uma delegação angolana de altos funcionários do Tribunal de Contas, chefiada pelo juiz-conselheiro Joaquim Mande, participa, desde quarta-feira, na cidade de Sharm El-Sheikh (Egipto), no Fórum Africano sobre a Luta contra a Corrupção.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O evento visa encorajar os países africanos a adoptarem políticas e programas de trabalho que permitam a erradicação da corrupção e favorecer uma consciência comum entre todas as partes do continente sobre os perigos que representa este flagelo, nomeadamente em relação aos esforços de desenvolvimento e de  modernização.

A luta contra a corrupção está consagrada na Carta Africana sobre Democracia, Governo e Eleições, de 31 de Janeiro de 2007, na Convenção Africana Contra a Corrupção, de 9 de Outubro de 2003, e é parte da Agenda 2063 da União Africana.

A África perde anualmente, segundo índices internacionais, quase 50 biliões de dólares, devido à corrupção e a movimentos de capitais ilegais.

O evento, aberto pelo Presidente do Egípto, Abdel-Fattah El-Sisi, conta com a participação de 48 países africanos, quatro nações árabes e nove organizações internacionais.

O Fórum Africano contra a Corrupção, que se realiza por iniciativa do presidente egípcio, Abdel Fattah al-Sissi, encerra hoje (13) os trabalhos.

Assuntos Fórum  

Leia também
  • 18/10/2018 22:09:16

    Primeira-dama aponta condições para progresso económico e social

    Luanda - A melhoria do bem-estar dos cidadãos e da qualidade de vida das famílias angolanas, a redução da pobreza e das desigualdades e a promoção do nível de desenvolvimento humano são condições essenciais para o progresso económico e social de Angola, considerou a primeira-dama da República, Ana Dias Lourenço.

  • 18/11/2017 00:57:10

    Angola participa no Bazar Internacional do Corpo Diplomático

    Lisboa (Da correspondente) - A Embaixada da República de Angola em Portugal participa no Bazar Internacional do Corpo Diplomático edição/2017 que decorre de sexta-feira a sábado (18) no Centro de Congressos de Lisboa.

  • 14/11/2017 13:23:06

    Município deve ser fonte do desenvolvimento nacional

    Luanda - O Vice-presidente da República, Bornito de Sousa, declarou nesta terça-feira, em Luanda, que municipalizar significa encarar o município como a fonte do desenvolvimento nacional.