Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Junho de 2019 | 14h35 - Actualizado em 12 Junho de 2019 | 16h58

Destacada importância dos especialistas do Estado Maior das FAA

Huambo - A permanente preparação dos especialistas do Órgão de Guerra Psicológica do Estado Maior General (EMG) para gestão de situações de adversidade psicológica foi defendida quarta-feira, na cidade do Huambo, pelo chefe da direcção principal de Operações das Forças Armadas Angolanas (FAA), general Paulo Sousa Alves dos Santos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao discursar no acto de abertura da II reunião metodológica do Órgão de Guerra Psicológica, destacou que a preparação destes especialistas permite maior e melhor combate aos "boatos, às calunias ou incentivo às fricções físicas ou psicológicas, que têm por finalidade criar o medo, fomentar a descrença ou mesmo tenções internas".

Ao realçar a importância do trabalho deste órgão, o general lembrou que a sua tarefa não se deve restringir aos aspectos pedagógicos, mas, também, a acções que permitam obter resultados aos níveis estratégico, operacional e táctico.

Paulo Sousa Alves dos Santos disse que, atentas aos desafios actuais, as FAA apostaram na formação e capacitação dos quadros, para que possam dominar as complexas tecnologias usadas na guerra moderna, quer para influenciar como para enfraquecer moral e psicologicamente.

“A guerra psicológica tem a capacidade de atrair consigo não apenas os alvos em vista, mas, e sobre tudo, as enormes massas humanas. A sua dinâmica e abrangência requerem bom domínio da técnica por parte de quem lida com ela, para ajudar no controlo dos mecanismos de acção e na contenção dos efeitos”, disse.

Frisou que, no contexto global, caracterizado por maior envolvimento e domínio dos meios de comunicação e informação, requer que se tenha homens e mulheres preparados do ponto de vista técnico-científico e profissional, de forma a imunizar a tropa contra possíveis ataques psicológicos.

O oficial general augura que o evento venha a produzir resultados que ajudem a aperfeiçoar as suas ferramentas de actuação, face à propaganda adversa que muitas vezes é dirigida às instituições militares.

O evento, a decorrer durante três dias, tem lugar no quartel-general da Região Militar Centro.  

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 07/06/2019 15:48:28

    Comandante apela ao reforço das competências técnicas do efectivo militar

    Huambo - O comandante da Região Militar Centro (RMC), Dinis Segunda Lucama, apelou hoje, sexta-feira, no Huambo, ao efectivo militar, no sentido do reforço das competências técnicas, para melhor domínio das matérias castrenses.

  • 07/06/2019 14:19:36

    São Tomé e Príncipe interessado nas potencialidades do Huambo

    Huambo - A República Democrática de São Tomé e Príncipe está interessada nas potencialidades agro-pecuárias e turísticas da província do Huambo, factores essenciais para o reforço de geminação com alguns distritos santomenses, bem como para o aprofundamento dos laços de amizade e solidariedade.

  • 06/06/2019 22:11:21

    MPLA revitaliza estruturas de base na Caála

    Caála - O MPLA no município da Caála (Huambo) está a desencadear um amplo movimento de reorganização e revitalização das estruturas de base, para torná-las mais dinâmicas, tendo em vista as primeiras eleições autárquicas, previstas para 2020.