Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

15 Junho de 2019 | 20h11 - Actualizado em 15 Junho de 2019 | 20h11

Resenha: Divulgação de créditos públicos em vários negócios privados é destaque

Luanda - A divulgação pelo Serviço Nacional de Recuperação de Activo da Procuradoria Geral da República (PGR) do nome de várias empresas privadas que beneficiaram de fundos públicos, algumas em processo de privatização irregular e outras suportadas com garantias soberanas do Estado sem ter havido o reembolso desse dinheiro, é destaque da semana.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Trata-se das fábricas de tecido Satec, no Dondo, África Têxtil, em Benguela, Nova Textang II, em Luanda, e fábrica de cimento do Cuanza Sul.

A divulgação foi feita no âmbito dos trabalhos realizados para a aferição dos financiamentos de fundos públicos efectuados a empresas privadas.  

Nos últimos sete dias mereceu igualmente destaque a realização do VII Congresso Extraordinário do MPLA, que alargou o seu comité central de 363 para 497 membros, tendo sido propostos, para o efeito, 134 candidatos a membros daquele órgão com idades inferiores a 45 anos.

Dos 134 candidatos, 57 são mulheres e 82 com idades até 45 anos, correspondentes a 42, 53por cento, respectivamente.

No campo jurídico-político, o Presidente da República, João Lourenço, procedeu a abertura do V Congresso da Conferência das Jurisdições Constitucionais de África, que decorre na capital angolana.

No encontro, o Chefe de Estado reiterou o compromisso na construção de um Estado de Direito fundado no pluralismo político, no convívio democrático e na liberdade económica.

A semana ficou marcada pelo início do interrogatório e da audição ao antigo ministro dos Transportes, Augusto Tomás, no caso Conselho Nacional de Carregadores (CNC).

O ex-governante é acusado de desviar avultados valores do CNC, um instituto tutelado pelo Ministério dos Transportes. Augusto Tomás está detido a 20 de Junho de 2018.

No capítulo inter-africano, esteve em Angola a comissária para os Assuntos Políticos da União Africana, Cessouma Minata Samate, que trabalhou no país durante três dias, a convite das autoridades angolanas.

Em Angola, a comissária manteve contactos sobre questões relacionadas com a democracia, governação, direitos humanos, eleições, entre outras.

Assuntos Política   Resenha  

Leia também
  • 15/06/2019 17:55:04

    Dívida pública serviu para financiar enriquecimento ilícito - João Lourenço

    Luanda - O presidente do MPLA, João Lourenço, declarou, este sábado, que a dívida pública, em especial a externa, atingiu níveis muito altos porque serviu, também, para financiar o enriquecimento ilícito de uma elite restrita seleccionada na base no parentesco, amiguismo e compadrio.

  • 14/06/2019 17:38:12

    Comissária da União Africana termina visita ao país

    Luanda - A comissária para os assuntos políticos da União Africana (UA), Cessouma Minata Samate, deixou já a capital do país (Luanda), no termo da visita de trabalho de três dias a Angola, a convite das autoridades angolanas.

  • 13/06/2019 05:03:01

    Polícia Fiscal deve reforçar controlo às empresas de exploração florestal

    Malanje- A necessidade de haver maior rigor por parte da Policia Fiscal, na fiscalização das empresas de exploração florestal, de inertes, assim como as ligadas à agricultura e pecuária, para o combate de fuga ao fisco e evasão fiscal, foi reforçado quarta-feira, em Malanje, pelo chefe de departamento Técnico Tributário da Segunda Região, Ambrósio Quizedioco.