Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

17 Junho de 2019 | 21h06 - Actualizado em 17 Junho de 2019 | 21h11

Caso CNC: julgamento retoma terça-feira

Luanda - Após ser suspensa quinta-feira última, por imperativo de calendário, a sessão de julgamento do Caso CNC retoma esta terça-feira na Câmara Criminal do Tribunal Supremo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Julgamento do caso CNC

Foto: Alberto Juliao

O julgamento envolve o antigo ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, e quatro outros réus que faziam parte da antiga direcção do Conselho Nacional de Carregadores (CNC), instituto tutelado pelo Ministério dos Transportes.

Todos os arguidos são acusados dos crimes de peculato, violação de normas de execução de orçamento e abuso de poder, de forma continuada.

Na nona sessão desta terça-feira, passa a ser interrogada, já à instância do Ministério Público, depois de passar pelo “crivo” dos juízes, a ré Isabel Bragança, antiga directora-adjunta para Administração e Finanças do CNC.

Na última audiência, a discussão da prova fundamentou-se na descoberta da verdade material sobre os propósitos de um programa de bolsas de estudo criado pelo CNC para formação profissional dos funcionários deste instituto público, que gastou sete milhões de dólares norte-americanos em sete anos.

O colectivo de juízes interrogará, também, a ré Isabel Bragança sobre as participações sociais do CNC em empresas privadas, cujos valores nunca foram recuperados, além do envolvimento da ré em esquemas de “cabritismo” (aceitação de suborno, geralmente dinheiro ou bens materiais, em benefício próprio).

Falta interrogar os co-réus Rui Moita, Eurico da Silva e Manuel Paulo, este último solto, pelo tribunal, e passa a responder sob termo de identidade e residência.

Assuntos Julgamento  

Leia também
  • 13/06/2019 19:57:01

    Ré Isabel Bragança fala das receitas do CNC

    Luanda - A antiga directora-adjunta para a Administração e Finanças do Conselho Nacional de Carregadores (CNC), Isabel Bragança, afirmou nesta quinta-feira, em tribunal, que a responsabilidade de depositar as receitas deste instituto público cabia aos ministérios dos Transportes e das Finanças.

  • 13/06/2019 17:55:10

    Comissário da PN vai a Tribunal

    Luanda - O Supremo Tribunal Militar inicia terça-feira (18), em Luanda, o julgamento do processo nº 15/STM/2018, em que figura, como réu, o comissário da Polícia Nacional (PN), Francisco Massota.

  • 12/06/2019 19:52:51

    Caso CNC: Termina interrogatório ao ex-ministro Augusto Tomás

    Luanda - O interrogatório ao arguido Augusto Tomás, acusado de desviar avultadas somas monetárias do Conselho Nacional de Carregador (CNC), terminou esta quarta-feira, após sete sessões de audiência e discussão do julgamento, que decorreu na Câmara Criminal do Tribunal Supremo.