Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

24 Julho de 2019 | 00h44 - Actualizado em 24 Julho de 2019 | 00h44

Malanje: PN conta com novos efectivos

Malanje - Quatrocentos e 30 novos efectivos da polícia nacional, das províncias de Luanda e Malanje, concluíram terça-feira, no Centro de formação Regional Norte do município de Cacuso, a 2ª fase do 17º curso básico de polícia de ordem pública.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os referidos efectivos foram admitidos na corporação no concurso público de 2014 e tiveram formação básica de seis meses nas vertentes militar e policial, preparação física, ordem unida, serviços internos, comunicações, lei dos crimes militares, armamento e tiro, gestão de grandes eventos, regulamento disciplinar da polícia nacional, instrução básica militar, ética, língua portuguesa, táctica policial, formação militar e regras de continência.

No acto de encerramento, o comandante provincial da polícia Nacional do Cuanza norte, comissário Simão de Sousa Pereira Inglês, em representação do comandante-geral da corporação, Paulo de Almeida, disse que a polícia enquanto instituição vocacionada a garantia da segurança pública deve adaptar-se aos novos desafios do Executivo angolano, de melhorar o seu funcionamento.

Fez saber ainda ser necessário que os novos efectivos devem garantir a protecção das instituições democráticas, segurança dos cidadãos e dos seus bens, contra a criminalidade e quaisquer outros tipos de ameaças de riscos.

Simão de Sousa Pereira Inglês apelou aos novos efectivos no sentido de adoptarem um comportamento digno e responsável virado ao rigor, rigidez, sagacidade e rectidão no cumprimento das missões policiais, evitando ainda a extorsão ao cidadão.

Testemunharam o acto de encerramento da 2ª fase do 17º curso básico de polícia de ordem pública, membros do conselho consultivo do comando provincial da polícia nacional de Malanje, das forças Armadas Angolanas (FAA), do governo provincial de Malanje, magistrados judiciais do ministério público, autoridades tradicionais e eclesiásticas, bem como familiares.

Leia também