Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

15 Agosto de 2019 | 12h07 - Actualizado em 15 Agosto de 2019 | 15h25

Augusto Tomás condenado a 14 anos de prisão

Luanda - O ex-ministro dos Transportes Augusto Tomás foi condenado hoje, quinta-feira, a 14 anos de prisão, no "Caso CNC".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Augusto Tomás condenado a 14 anos de prisão

Foto: Pedro Parente

Augusto Tomás condenado a 14 anos de prisão

Foto: Pedro Parente

O ex-director-geral do Conselho Nacional de Carregadores (CNC), Manuel António Paulo, foi condenado a 10 anos de prisão, e os antigos directores-adjuntos Isabel Bragança e Rui Manuel Moita sentenciados a 12 anos e 10 anos, respectivamente, ao passo que Eurico Pereira da Silva, a dois anos de cadeia com pena suspensa.

Os réus começaram a ser julgados a 31 de Maio deste ano, acusados pelo Ministério Público da prática de peculato, branqueamento de capital, associação criminosa e artifícios fraudulentos para desviar fundos do Estado, com o fim de capitalizar as suas empresas e algumas entidades privadas.

O montante é estimado em mais de mil milhões de kwanzas, 40 milhões de dólares e de 13 milhões de euros do Conselho Nacional de Carregadores (CNC).

Augusto Tomás estava em prisão preventiva desde Setembro de 2018.

Assuntos Julgamento   Justiça   Política  

Leia também
  • 15/08/2019 15:23:27

    Defesa considera elevada pena de Augusto Tomás

    Luanda - O advogado de Augusto Tomás, condenado hoje a 14 anos de prisão efectiva, considerou elevada a pena ao seu constituinte e não corresponder com as provas recolhidas ao longo do julgamento.

  • 14/08/2019 20:55:42

    Caso CNC: Réus conhecem sentença hoje

    Luanda - A sentença dos réus do "Caso CNC", em que estão implicados o ex-ministro dos Transportes, Augusto Tomás, e antigos gestores do Conselho Nacional de Carregadores, será conhecida hoje, quinta-feira (15), no Tribunal Supremo.

  • 14/08/2019 19:50:47

    Japão garante continuidade de apoios para desminagem em Angola

    Luvuei - O Japão vai continuar a apoiar o processo de desminagem em curso em Angola, sobretudo na província do Moxico, prometeu hoje, na comuna de Luvuei, o embaixador daquele país acreditado em Angola, Hironori Sawada.