Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

14 Agosto de 2019 | 19h50 - Actualizado em 14 Agosto de 2019 | 19h50

Japão garante continuidade de apoios para desminagem em Angola

Luvuei - O Japão vai continuar a apoiar o processo de desminagem em curso em Angola, sobretudo na província do Moxico, prometeu hoje, na comuna de Luvuei, o embaixador daquele país acreditado em Angola, Hironori Sawada.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Mais de 60 mil metros quadrados de terra livres de minas

Foto: Pedro Parente

Moxico: Embaixador do Japão em Angola, Hironori Sawada

Foto: David Dias

O diplomata assegurou o apoio no acto de assinatura do documento de conclusão da limpeza e entrega de 63 mil e 930 metros quadrados de terra desminados pelo Grupo Consultor de Minas (MAG).

Hironori Sawada acrescentou que o seu país irá apoiar o programa de desminagem até 2025, ano em que o governo angolano anotou como meta para acabar com os engenhos explosivos em Angola.  

Na ocasião, o embaixador nipónico informou que o Japão já financiou 13 milhões de dólares, em 24 projectos diferentes no país.

Anunciou que o seu país pretende em breve apoiar os projectos agrícolas existentes na província do Moxico, além do sector da desminagem.

O espaço agora livre de minas circunda o bairro Nhapassa, arredores da sede comunal do Luvuei, 253 quilómetros a sul da cidade do Luena.

Na referida área foram removidas e destruídas 41 minas anti- pessoal, três anti- tanque e um uxo.

O trabalho de desminagem da referida área foi realizado no período compreendido entre Junho de 2018 aJulho do ano em curso, tendo a administração local erguido no espaço um mercado com mais de 60 lugares.

Por seu turno, a directora nacional do Grupo Consultor de Minas, Jeanette Dykstra, enalteceu o empenho dos técnicos na limpeza da área, informando que a MAG vai se engajar igualmente, na pesquisa técnica e na educação sobre o perigo que representam a minas nas províncias do Moxico, Lunda Sul e Lunda Norte.

O chefe de Ligação e Informação da Comissão Nacional Interministerial de Desminagem e Ajuda Humanitária (CNIDAH), Chile Chicanha, indicou que foram identificados 238 zonas com minas nos municípios do Moxico (sede), Bundas, Alto Zambeze e Luacano, necessitando apoio logístico, técnico e de transporte para a sua intervenção.

O vice-governador do Moxico para o Sector Político, Económico e Social, Carlos Alberto Masseca, enalteceu o empenho da MAG e do apoio do Japão em investir no sector de desminagem, o que está a permitir a prática da agricultura e a circulação livre de pessoas nas comunidade.

No Moxico, além do Grupo Consultor de Minas (MAG), intervêm na actividade de desminagem, o Instituto Nacional de Desminagem (INAD), Repartição de Engenharia da 72º brigada das FAA da RML e da 7ª brigada militar da Casa de Segurança do Presidente da República.  

Em 2018, de acordo com o CNIDAH, foi desminada uma área de mais de nove milhões de metros quadrados de terra, mais 7.710.153 metros quadrados em comparação com 2017.

Foram removidas e destruídas 576 minas anti-pessoais, 67 anti-tanque, mil e 473 projécteis e quatro mil e 63 munições diversas.

No período em análise, foram registados oito acidentes de minas e igual número de vítimas, com um óbito.

Leia também
  • 14/08/2019 18:29:11

    Recenseamento de veteranos dependente da nova Lei

    Luena - O ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos "Liberdade", afirmou, nesta quarta-feira, no Luena, que o recenseamento dos assistidos depende da aprovação da nova Lei, que está ser revista pelo Executivo.

  • 14/08/2019 16:55:59

    Especialistas das FAA analisam telecomunicações do Exército

    Malanje - Especialistas das Forças Armadas Angolanas (FAA), entre chefes de repartições das unidades e sub-unidades da Região Militar Norte, analisam desde hoje, quarta-feira, no Comando da 51ª Brigada de Infantaria, em Capanda, o estado actual das telecomunicações do Exército.

  • 11/08/2019 16:02:01

    MAT quer reforçar competências dos municípios

    Luena - O Ministério da Administração do Território e Reforma do Estado (MAT) vai continuar a trabalhar para reforçar as competências dos municípios, afirmou na Vila de Cazombo, município do Alto-Zambeze, província do Moxico, o titular da pasta Adão de Almeida.