Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

17 Agosto de 2019 | 19h13 - Actualizado em 17 Agosto de 2019 | 19h13

Minint recomenda aprofundamento permanente da técnica militar

Huambo - O comandante da Polícia Nacional e Delegado do Ministério do Interior na província do Huambo, comissário Francisco Ribas da Silva, recomendou hoje, sábado, o aprofundamento permanente da técnica militar, por parte do efectivo dos órgãos de defesa e segurança, enquanto baluartes da garantia do Estado democrático e de direito.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O facto foi realçado no encerramento do primeiro curso sobre topografia, desenho e outras matérias de interesse castrense, dirigido aos especialistas de operações dos comandos municipais da Polícia Nacional e das unidades de grande porte das Forças Armadas Angolanas (FAA).

O comissário Francisco Monteiro Ribas da Silva realçou a necessidade do efectivo pautar pela unidade e coesão na garantia dos interesses da Nação, cujo êxito passa pela formação e rejuvenescimento dos órgãos de defesa e segurança, de modo a torná-los mais capazes, dinâmicos, coesos e actuantes.

Segundo o responsável, é importante que o efectivo da Polícia Nacional e das Forças Armadas Angolanas esteja devidamente capacitados nos vários domínios da ciência e da arte militar, com realce para matérias de topografia, desenho e outras baseadas na interacção com o mundo integrado, onde o profissional fala mais alto.

O também delegado do Ministério do Interior no planalto central referiu que com esta determinação, aliada à bravura do passado, o efectivo estará mobilizado, unido e coeso para enfrentar as próximas batalhas, principalmente nesta fase em que o Executivo leva a cabo uma nova dinâmica de governação, que exige de todas as forças vivas maior empenho, dedicação, integridade e fidelidade à Pátria.

O evento, que teve lugar na cidade do Huambo, quartel-general da Região Militar Centro (RMC), que abrange ainda as províncias de Benguela, Bié e Cuanza Sul, capacitou, em 30 dias, um total de 38 especialistas de operações da Polícia Nacional e das Forças Armadas Angolanas.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 15/08/2019 19:39:01

    Unita reitera apelo ao respeito pelas diferenças partidárias

    Caála - A nova secretária da Unita no município da Caála (Huambo), Deli Chiteculo, reiterou hoje, quinta-feira, o apelo da organização à tolerância e respeito pelas diferenças partidárias, para a consolidação da democracia, da unidade e reconciliação nacionais, bem como da preservação da paz.

  • 15/08/2019 18:34:34

    FAA aposta na uniformização informática das unidades

    Huambo - As Forças Armadas Angolanas (FAA) estão apostadas na uniformização dos preceitos que visam melhorar os níveis de funcionamento informático das unidades e sub-unidades das seis regiões militares (Cabinda, Centro, Luanda, Norte, Sul e Leste), através da formação permanente do efectivo nas várias especialidades de armas e serviços.

  • 14/08/2019 14:04:27

    MPLA no Huambo quer mais dinamismo nas organizações sociais

    Huambo - A segunda secretária do MPLA na província do Huambo, Loti Nolika, instou hoje, quarta-feira, a JMPLA a ser mais dinâmica, proactiva e a estar mais próxima dos jovens, antevendo os próximos desafios eleitorais, que passa pela vitória nas primeiras eleições autárquicas no país, previstas para 2020.