Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Agosto de 2019 | 17h05 - Actualizado em 13 Agosto de 2019 | 17h06

Proposta de Lei sobre transplante passa no parlamento

Luanda - Os deputados à Assembleia Nacional aprovaram, em definitivo, nesta terça-feira, a Proposta de Lei Sobre o Transplante de Tecidos, Células e Órgãos Humanos, com 184 votos a favor, nenhum contra e uma abstenção.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

8ª Sessão plenária da Assembleia Nacional

Foto: Clemente dos Santos

O diploma, com seis capítulos e 28 artigos, visa, essencialmente, dar respaldo legal aos actos de colheita de células, tecidos e órgãos de seres humanos, em vida ou depois da morte e o transplante dos mesmos para efeitos terapêuticos, recurso médico-cirúrgico, cada vez mais utilizado, no tratamento de determinadas doenças.

O documento estabelece as normas relativas à disposição de células, tecidos e órgãos e partes do corpo humano, quer em vida como depois da morte, bem como os demais procedimentos com vista a sua transplantação no organismo humano.

A transfusão de sangue e derivados, a doação de óvulos e de esperma, a transferência e a manipulação de embriões, assim como a doação e colheita de células, tecidos e órgãos do corpo humano para efeitos de investigação cientifica são regulados em legislação especial.

Esta lei aplica-se a todos os cidadãos nacionais, aos apátridas e aos estrangeiros residentes em Angola na qualidade de doador ou de beneficiário do transplante.

Juiz Conselheiro 

Na sessão desta terça-feira, os deputados aprovaram a designação de Vitória Manuel Silva Isata para o cargo de Juíza Conselheira do Tribunal Constitucional, por indicação da bancada parlamentar do MPLA.

De igual modo, foram indicados Madalena Alfredo da Silva e Machado da Fonseca para ocuparem as vagas no Conselho Directivo da Entidade Reguladora da Comunicação Social  (ERCA). A primeira foi indicada pelo MPLA, enquanto o segundo é uma indicação da UJA.

Estas indicações surgem depois da renúncia do cargo de Domingas Damião e, por incompatibilidade de funções, de Albino Ramos Carlos, eleito a 17 de Junho último secretário do Bureau Político do MPLA para a Informação. 

Assuntos Angola   Assembleia Nacional  

Leia também
  • 13/08/2019 16:21:16

    Parlamento aprova propostas de leis de segurança pública

    Luanda - Os deputados à Assembleia Nacional aprovaram, na generalidade, por unanimidade, nesta terça-feira, as propostas de lei que visam a salvaguarda da segurança e tranquilidade pública.

  • 13/08/2019 15:43:00

    Deputados aprovam projectos de leis autárquicas

    Luanda - Os deputados a Assembleia Nacional aprovaram, em definitivo, nesta terça-feira, por unanimidade, os projectos de Lei Orgânica sobre a Organização e Funcionamento das Autarquias Locais e da Tutela Administrativa sobre as Autarquias Locais.

  • 13/08/2019 15:23:08

    Ministros da SADC analisam estratégia de industrialização

    Dar es Salaam (Dos enviados Especiais) - O Conselho de Ministros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) analisou, nesta terça-feira, em Dar es Salaam (Tanzânia), a implementação de políticas e a estratégia para a industrialização, combate à fome, bem como a solução para questões financeiras.