Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

21 Agosto de 2019 | 18h11 - Actualizado em 21 Agosto de 2019 | 18h16

Mais de mil refugiados chegam à RDC

Dundo - Mil e 66 refugiados congoleses democráticos, acolhidos na província da Lunda Norte, desde Maio de 2017, já se encontram de regresso à República Democrática do Congo (RDC).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O grupo incliu 580 crianças, 209 mulheres (19 em estado de gestação) e 277 homens, informou, nesta quarta-feira, no Dundo, o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do governo da Lunda Norte, António Mussumar.

O repatriamento voluntário e espontâneo conta com apoio do Governo angolano, que disponibilizou, desde segunda-feira, três camiões para facilitar a transportação dos 18 mil e 800, dos 23 mil e 684 refugiados que decidiram, unilateralmente, voltar ao seu país de origem.

O processo paulatino, cujo destino é a província do Kassai Central, levará pelo menos 45 dias.

Leia também
  • 19/08/2019 20:37:59

    Governo apela ao bom senso do ACNUR

    Dundo - O governo angolano apelou ao bom senso por parte do Alto Comissariado das Nações Unidas (ACNUR) no apoio ao processo de repatriamento dos refugiados da República Democrática do Congo (RDC), sem a imposição de regras, por se tratar de um assunto de emergência e humanitário.

  • 19/08/2019 18:33:47

    Governo oferece meios para repatriar refugiados

    Dundo - O Governo angolano disponibilizou, nesta segunda-feira, três camiões para o transporte dos 18 mil e 800 refugiados da República Democrática do Congo (RDC), que decidiram abandonar, unilateralmente, o Centro de Acolhimento do Lóvua, província da Lunda Norte.

  • 19/08/2019 16:46:39

    Ministro reafirma apoio aos refugiados da RDC

    Dundo - O ministro da Defesa Nacional, Salviano Cerqueira, declarou, nesta segunda-feira, que é inadiável a ajuda aos refugiados da República Democrática do Congo (RDC) instalados no Centro de Acolhimento do Lóvua, província da Lunda Norte.