Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

23 Agosto de 2019 | 13h24 - Actualizado em 23 Agosto de 2019 | 16h34

Mais de mil refugiados repatriados para a RDC

Dundo - Subiu para mil e 466 o número de refugiados que já regressaram a província do Kassai Central (República Democrática do Congo), no âmbito do repatriamento voluntário e espontâneo, iniciado segunda-feira, 19, com o apoio do governo angolano.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

REFUGIADOS NO CAMPO DO LÓVUA

Foto: HÉLDER DIAS

Três camiões continuam a garantir o transporte dos 18 mil e 800, dos 23 mil e 684 refugiados que decidiram, unilateralmente, voltar ao seu país de origem, desde a madrugada do último domingo. O primeiro grupo, composto por mil e 66 refugiados, foi repatriado segunda-feira.

O grupo já repatriado, inclui 645 crianças, 306 mulheres e 645 homens, que durante o percurso de aproximadamente três horas, até a fronteira do Tchicolondo, contam com o asseguramento dos efectivos da Polícia Nacional, alimentação e água, disponibilizados pelo governo angolano.

Segundo o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do governo da Lunda Norte, António Mussumar, dentro de dias chegam mais viaturas para acelerar o processo e permitir que, num curto espaço de tempo, os 18 mil e 800 refugiados sejam repatriados.

No total, estavam assentados no Centro de Acolhimento do Lóvua, desde Maio de 2017, 23 mil e 684 refugiados, entre os quais 11 mil e 648 crianças e 600 mulheres grávidas.

A migração dos mais de 35 mil cidadãos congoleses, em desespero, para Angola, derivou da violência extrema e generalizada causada por tensões políticas e étnicas na RDC em Maio de 2017.

Leia também
  • 21/08/2019 18:11:19

    Mais de mil refugiados chegam à RDC

    Dundo - Mil e 66 refugiados congoleses democráticos, acolhidos na província da Lunda Norte, desde Maio de 2017, já se encontram de regresso à República Democrática do Congo (RDC).

  • 19/08/2019 20:37:59

    Governo apela ao bom senso do ACNUR

    Dundo - O governo angolano apelou ao bom senso por parte do Alto Comissariado das Nações Unidas (ACNUR) no apoio ao processo de repatriamento dos refugiados da República Democrática do Congo (RDC), sem a imposição de regras, por se tratar de um assunto de emergência e humanitário.

  • 19/08/2019 18:33:47

    Governo oferece meios para repatriar refugiados

    Dundo - O Governo angolano disponibilizou, nesta segunda-feira, três camiões para o transporte dos 18 mil e 800 refugiados da República Democrática do Congo (RDC), que decidiram abandonar, unilateralmente, o Centro de Acolhimento do Lóvua, província da Lunda Norte.