Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

02 Setembro de 2019 | 18h04 - Actualizado em 02 Setembro de 2019 | 19h31

FAA alerta para acompanhamento da preparação combativa

Menongue - O 2º comandante da 5ª Divisão de Infantaria das Forças Armadas Angolanas (FAA) no Cuando Cubango, Basílio Sabalanda, alertou para a necessidade das lideranças das unidades militares acompanharem rigorosamente a tropa durante a preparação combativa, tendo em vista a obtenção da excelência nesse exercício.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Efectivo das Forças Armadas Angolanas (arquivo)

Foto: Kinda kyungu

O alerta também visa exigir maior empenho dos militares “cuja conduta prejudica o alcance dos melhores resultados”, sustentou o oficial superior nesta segunda-feira, em Menongue, Cuando Cubango, na abertura do II período de instrução 2019/2020.

Segundo Basílio Sabalanda é preciso consentir sacrifício para tornar fácil o combate, daí a importância de uma maior aposta na aprendizagem, sendo essa a forma mais acertada da tropa equiparem-se, o conhecimento.

A preparação é dirigida a oficiais, sargentos e praças das Forças Armadas Angolanas (FAA), que têm a missão de assegurar a integridade territorial do país.

O período de instrução também visa adaptar as Forças Armadas aos novos métodos de defesa e segurança.

MGA aconselha efectivos a elevarem nível académico

No Soyo, província do Zaire, o comandante da Região Naval Norte da Marinha de Guerra Angolana (MGA), vice-almirante Noé Rodrigues Magalhães, pediu a efectivo a elevar cada vez mais o nível académico para fazerem face aos novos desafios da instituição.

Ao intervir no acto de abertura do segundo período do ano de preparação operativa, combativa, educativa e patriótica, sublinhou que a preparação joga um papel preponderante, por permitir munir o efectivo de ferramentas indispensáveis.

Entre os propósitos da instrução, consta a preparação da tropa para a manutenção da paz e segurança face aos conflitos armados no continente, socorrer a população, em casos de sinistros e calamidades naturais, bem como aperfeiçoar os mecanismos de realização de missões conjuntas.

Integram a Região Naval Norte, as províncias de Cabinda, Zaire, Bengo, Luanda e Cuanza Sul.

Leia também
  • 30/08/2019 15:55:31

    FAA apostam no reforço dos valores patrióticos

    Luanda - As Forças Armadas Angolanas (FAA) vão reforçar os valores patrióticos e de lealdade entre o seu efectivo, numa aposta que visa elevar o comportamento cívico e a ética militar.

  • 28/08/2019 12:59:06

    Administrador da FAAN quer união na luta à corrupção

    Mbanza Kongo - O administrador executivo da Fundação António Agostinho Neto (FAAN), Amarildo da Conceição, incentivou, terça-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, a união de esforços na luta contra a corrupção, uma das prioridades do mandato do Presidente da República, João Lourenço.

  • 27/08/2019 06:06:30

    PPA defende eleições autárquicas em todos os municípios

    Menongue - O presidente do Partido Pacífico Angolano (PPA), Féle António, defendeu, em Menongue, sede capital do Cuando Cubango, que a realização das eleições autárquicas, previstas para 2020, devem abranger todos os municípios do país, visando evitar assimetrias regiões já notórios actualmente.