Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

06 Setembro de 2019 | 00h18 - Actualizado em 06 Setembro de 2019 | 05h57

UNITA defende ideias colectivas na busca do bem-estar social

Ondjiva- O presidente da UNITA, Isaías Samakuva, defendeu, nessa quinta-feira, em Ondjiva, província do Cunene, ideias colectivas e práticas novas na implementação de programas direccionados ao bem-estar dos cidadãos no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Cunene: Chegada do presidente da Unita ao Aeroporto 11 de Novembro.

Foto: JOSÉ CACHIVA

Isaías Samakuva, que falava à imprensa no Aeroporto 11 de Novembro, em Ondjiva, numa visita de três dias ao Cunene, no âmbito da seca que afecta a região, disse que as soluções dos problemas do país devem merecer a participação de todos angolanos.

O líder da UNITA referiu que o Executivo angolano tem boas intenções de resolver os problemas sociais e económicos que afectam às populações, mas do outro lado existem forças de bloqueio que complicam a materialização das intenções que têm sido anunciadas.

“Queremos reafirmar o que sempre dizemos sobre a criação de programa concretos e direccionados aos mais vulnerável. Esta é a nossa maneira de ver o país que precisa de atenção de todos para ultrapassar situações difíceis igual a estas da seca que as famílias do sul enfrentam”, disse.

Abordado sobre as autarquias prevista para 2020, o presidente da UNITA afirmou que o seu partido está a se preparar devidamente para enfrentar o processo, esperando apenas pela conclusão e aprovação do pacote legislativo autárquico que vai orientar os futuros autarcas.

“Esperamos que a próxima sessão legislativa aprove o pacote autárquico, para que possamos transmitir de forma objectiva os conhecimentos necessários aos futuros autarcas, mas temos estado empenhados nos últimos dois anos na nossa preparação”, informou.

Isaías Samakuva Informou que a visita ao Cunene permitirá inteirar-se da situação real da seca, não se limitando apenas em ouvir, mas ver e transmitir o sentimento de solidariedade para com as famílias afectadas e propor soluções às autoridades locais, para minimizar o impacto do fenómeno.

O Cunene vive, desde Outubro de 2018, uma acentuada crise, com 880 mil e 172 pessoas e um milhão de cabeças de gado afectados pela seca, que já causou a morte de 30 mil cabeças, gado, entre bovinos, caprinos e suínos.

Durante a sua estadia na província, Isaías Samakuva vai encontrar-se com o governador do Cunene, Vigilio Tyova, o bispo da diocese de Ondjiva, Dom Pio Hipunyati e o Rei de Onalueque, município de Ombadja, Mario Satipamba.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 29/08/2019 18:53:19

    Cunene: PGR regista denúncias de corrupção

    Ondjiva - A Procuradoria-Geral da República (PGR) na província do Cunene registou, no período de Janeiro a Julho último, sete denúncias de suspeitas de corrupção, numa altura em que o Ministério Público tem em instrução preparatória, em todo país, cerca de 80 processos e 150 inquéritos.

  • 26/08/2019 17:04:54

    Tribunal com novos juízes de direito

    Ondjiva - O tribunal provincial do Cunene foi reforçado hoje, segunda-feira, com seis novos juízes de direitos, juntando-se aos cinco actuais.

  • 04/08/2019 16:54:04

    Cunene: MPLA defende reforço no apoio às vítimas da seca

    Ondjiva - A necessidade do reforço da assistência alimentar e do abastecimento de água às populações afectadas pela seca na província do Cunene foi defendida sábado, pelo primeiro secretário do MPLA na região, Vigilio Tyova.