Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

05 Outubro de 2019 | 16h29 - Actualizado em 05 Outubro de 2019 | 20h07

MPLA reitera engajamento na moralização da sociedade

Huambo - A Vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, reiterou hoje, sábado, no Huambo, o engajamento do partido no poder em Angola na moralização da sociedade, no resgate dos valores éticos, morais e cívicos, tendo em conta a necessidade urgente do combate ao ?cancro? da corrupção e crimes conexos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Governadora do Huambo, Joana Lina no encerramento das II jornadas do Políticas do Bureau Político do MPLA

Foto: Aurélio Janeiro

Huambo: Encerramento das II jornadas do Políticas do Bureau Político do MPLA

Foto: Aurélio Janeiro

Segundo a dirigente partidária, no encerramento das II Jornadas Políticas do Bureau Político do MPLA, é preciso que haja o contributo de todos na luta contra a corrupção, impunidade, nepotismo e a bajulação, com base na promoção de uma cultura de integridade, probidade, transparência, em suma, de boa governação com inclusão e responsabilidade.

Realçou que a actitude e o comportamento dos agentes da administração pública, da justiça e dos políticos deve, também, estar sob o escrutínio da sociedade, pois que a luta contra a corrupção e impunidade exige, acima de tudo, sentido patriótico e rigor necessário, por se tratar de uma tarefa difícil e complexa.

Luísa Damião referiu que as reformas em curso, incluindo a forte diplomacia económica no sentido da atracção de investimentos privados nacionais e internacionais, assim como o fortalecimento das instituições decorrem no âmbito do processo de organização do Estado.

Nesta esteira de pensamento, a Vice-presidente do MPLA encorajou o Executivo a continuar a empreender esforços, com o rigor que se impõe, na implementação das reformas destinadas à promoção de uma economia sustentável, apoiada no Programa de Desenvolvimento Nacional (PND2018/2022).

Afirmou que o futuro de Angola depende das boas práticas de governação e da transparência na forma como são geridos os recursos públicos.

Sobre as jornadas, disse tratar-se da expressão do novo paradigma político, levado acabado pelo Presidente do MPLA e da República, João Lourenço, com uma política de proximidade e de abertura à sociedade, com forte preocupação com a vida das comunidades e com a necessidade de materializar o sentido de Estado, fazendo com que cada militante se torne num mensagem do lema “melhorar o que está bem, corrigir o que está mal”.

Luísa Damião disse que os militantes do MPLA devem igualmente colocar em prática os princípios da justiça social, da paz, do humanismo, da dignidade da pessoa humana e a solidariedade, enquanto premissa fundamental para sobrevivência da humanidade, além de participar no processo de decisão política nos domínios da vida económica, social e cultural, com o reforço da democracia de proximidade.

Por sua vez, a 1ª secretária do MPLA na província do Huambo, Joana Lina, realçou a importância do evento, no fornecimento do partido nesta região do país e, concomitantemente, para a melhoria da qualidade de vida da população.

Com uma extensão territorial de 35.771 quilómetros quadros e uma população de dois milhões, 389 mil e 231 habitantes, o MPLA controla, nesta província, 373 mil e 354 militantes, distribuídos em 11 comités municipais e em cinco mil e 453 comités de acção.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 03/10/2019 17:18:10

    MININT incentiva denúncia sobre garimpo de minerais

    Huambo - O delegado do Ministério do Interior (MININT) na província do Huambo, Francisco Monteiro Ribas da Silva, incentivou hoje, quinta-feira, a população no sentido de denunciar o garimpo de minerais estratégicos para o desenvolvimento do país.

  • 01/10/2019 18:08:06

    Agente da Polícia morto a tiro por meliantes

    Huambo - Um oficial da Polícia Nacional foi morto a tiro, esta segunda-feira, no bairro São Pedro, arredores da cidade do Huambo, por um grupo de marginais constituído por quatro indivíduos, quando comprava uma motorizada.

  • 01/10/2019 17:42:39

    Conferência recomenda rejuvenescimento da Polícia Nacional

    Huambo - A segunda Conferência Científica Regional sobre Segurança Pública do Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais (ISCPC) recomendou hoje, terça-feira, no Huambo, a incorporação, na Polícia Nacional, de um efectivo mais jovem, para substitui o elevado número de agentes em idade de reforma.