Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

14 Outubro de 2019 | 17h57 - Actualizado em 14 Outubro de 2019 | 19h23

Cidadãos expectantes com mensagem à Nação

Luanda - A sociedade angolana aguarda com expectativa a mensagem do Presidente da República, João Lourenço, sobre o estado da Nação, a ser proferida terça-feira (15).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Edifício sede da Assembleia Nacional (arquivo)

Foto: Clemente dos Santos

Em declarações à ANGOP, a propósito do discurso que vai marcar a abertura do Novo Ano Parlamentar, vários cidadãos manifestaram o desejo de ouvir, do Chefe de Estado, medidas eficientes para melhorar a situação sócio-economica do país.

O empresário Rui Manuel espera que João Lourenço aborde a questão do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), em vigor, em todo o país, desde o dia 01 de Outubro.

Trata-se do mais impactante imposto aplicado pelo Governo angolano, por via da Administração Geral Tributária (AGT), que substituiu o Imposto de Consumo.

Numa primeira fase, o IVA só é cobrado pelos grandes contribuintes e pelas empresas que aderiram ao regime geral, de forma voluntária.

Por sua vez, o desmobilizado das Forças Armadas Angolanas Lopes Mufuma Dala sugeriu que o Presidente fale sobre o combate à corrupção e à impunidade, dois dos principais temas da sua agenda de governação, em curso desde Setembro de 2017.

Para si, outro tema que precisa ser abordado, nesta mensagem, é o aumento dos preços dos produtos da cesta básica, visão partilhada pelo estudante Inácio Vunge.

A desempregada Eva Domingas considera fundamental que o Chefe de Estado faça um esclarecimento sobre as políticas de formação de quadros e de acesso ao emprego.

A mesma posição é defendida por José Victor que, a par deste aspecto, destaca a necessidade de o Estadista fazer referência sobre a possibilidade ou não de um reajuste salarial para fazer face ao aumento dos preços dos produtos da cesta básica.

O estudante do quarto ano do curso de Economia Edson Fabião espera também uma abordagem sobre as medidas que serão tomadas para punir os agentes económicos especuladores de preços, no âmbito da implementação do IVA.

O pastor auxiliar da Igreja Mundial, Rodrigues de Castro, espera que o Chefe de Estado divulgue o número de postos de trabalho já criados desde o início do mandato presidencial, a 26 de Setembro de 2017, bem como medidas para combater o crime.

A mensagem sobre o estado da Nação é um imperativo constitucional estabelecida na Carta Magna de 2010.

É a terceira vez que o Presidente João Lourenço dirige, no Parlamento, uma mensagem a Nação, no quadro de um mandato que vai até ao ano de 2022.

  

Leia também
  • 14/10/2019 18:06:31

    Quadros das administrações aprendem sobre gestão autárquica

    Sumbe - Gestores das administrações municipais das províncias do Cuanza Sul e Luanda estão a estudar, em seminário, na cidade do Sumbe, matérias sobre Gestão do Património Municipal e Autárquico, Regime Financeiro das Autarquias Locais e Elaboração do Orçamento.

  • 14/10/2019 00:17:53

    Síntese das principais notícias das últimas 24 horas

    Luanda - A Agência Angola Press, Angop E.P, incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos:

  • 13/10/2019 14:17:50

    Sociedade CAIOPORTO é do Fundo Soberano

    Luanda - O Fundo Soberano de Angola (FSDEA) é titular da totalidade da sociedade CAIOPORTO S.A., na província de Cabinda, informa a instituição em comunicado a que a ANGOP teve acesso este domingo.