Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

21 Outubro de 2019 | 17h56 - Actualizado em 21 Outubro de 2019 | 17h44

Alcides Sakala defende confronto de ideais

Malanje - O candidato a presidente da UNITA, Alcides Sakala, defendeu nesta segunda-feira, em Malanje, uma disputa eleitoral fundada no confronto de ideias e serenidade entre os militantes daquele partido, quando falta menos de um mês para o seu 13º Congresso Ordinário.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Alcides Sakala, candidato a presidente da UNITA (arquivo)

Foto: Pedro Parente

Em declarações à imprensa, à margem da apresentação das linhas de força da sua candidatura junto dos militantes em Malanje, o político sublinhou a necessidade de colocar o partido em primeiro e encarar o Congresso, a ter lugar de 13 a 15 de Novembro próximo, como uma festa da democracia interna.

Alcides Sakala entende que a apresentação de candidaturas múltiplas para o cadeirão máximo da UNITA é uma antevisão do que se pretende para o país, quanto ao aprofundamento da democracia e reconciliação nacional.

Aos da UNITA, assegurou que a sua campanha será regida por princípios como a integridade, unidade e acção para a vitória, tendo como foco os desafios imediatos, designadamente as eleições autárquicas (2020) e as gerais (2022).

A presidência da UNITA, ocupada por Isaías Samakuva desde 2003, é disputada por Abílio Kamalata Numa, Adalberto da Costa Júnior, Alcides Sakala Simões e José Pedro Kachiungo.

Por decidir está a candidatura de Raul Danda, por não reunir alguns dos requisitos exigidos pela comissão eleitoral.

Leia também
  • 21/10/2019 13:29:37

    TC anuncia intensificação da fiscalização às contas públicas

    Luanda - O Tribunal de Contas (TC) vai implementar, a partir de 2020, um novo procedimento denominado "Fiscalização concomitante", que visa o acompanhamento da execução dos actos e contratos, antes da sua conclusão, através de inquéritos e auditorias de natureza operacional.

  • 21/10/2019 00:49:39

    Síntese das principais notícias

    Luanda - A Agência Angola Press, Angop E.P, incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos:

  • 20/10/2019 18:29:26

    Candidato à presidência da UNITA quer inovar

    Luanda - Um líder corajoso, inovador e enérgico é o que o candidato à presidência da UNITA, José Pedro Katchiungo, pretende ser quando dirigir este partido, caso seja eleito no Congresso de Novembro.