Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

29 Outubro de 2019 | 20h47 - Actualizado em 29 Outubro de 2019 | 20h40

PGR namibiana quer reforço do combate ao tráfico de seres humanos

Ondjiva - A Procuradora Geral da República da Namíbia, Olívia Imalwa, defendeu hoje, terça-feira, em Ondjiva (Cunene), o reforço das acções de combate ao tráfico de seres humanos por parte dos dois países, para se garantir a segurança na circulação das pessoas na fronteira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Olívia Imalwa - Procuradora Geral da República da Namibia

Foto: JOSE CACHIVA

Cunene: Olívia Imalwa - Procuradora Geral da Republica da Namibia

Foto: JOSE CACHIVA

A província angolana do Cunene e a República da Namíbia partilham 460 quilómetros de fronteira, dos quais 340 terrestre e 120 fluviais.

Em declarações à Angop, no quadro da visita de dois dias ao Cunene, Olívia Imalwa disse que vai abordar com as autoridades locais assuntos  relacionados com o combate aos crimes transfronteiriços como tráfico de seres humanos, roubo de viaturas e de gado.

“Casos de tráfico de seres humanos são recorrentes, sendo vítimas jovens, adolescentes e crianças que são transportadas com auxílio de cidadãos de dois países na promessa de emprego nos campos agrícolas, pastorícia, em lojas e residências”, afirmou.

Frisou que esta prática tem sido facilitada pela intensa mobilidade da população transfronteiriça e da vulnerabilidade social das famílias, que circulam diariamente na base dos seus interesses.

Por isso, a magistrada apelou as forças que funcionam ao longo da fronteira a dominar as tácticas utilizadas pelos traficantes, aquando da apresentação da documentação de autorização de crianças, adolescentes e jovens que transportam.

Dados da Procuradoria da República no Cunene indicam que de  Janeiro a Junho foram registados  16 casos de tráfico de pessoas, dos quais  cinco introduzidos em juízo, com 13 arguidos.

O combate ao tráfico de seres humanos em Angola é feito com base na Lei 3/14 de 19 de Fevereiro, que puni os cidadãos que movimentam, oferecem, aliciam, transportam, alojam ou acolhem pessoas para fins de exploração sexual, de trabalho e extracção de órgãos.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 28/10/2019 12:42:14

    UNITA elege delegados para congresso ordinário

    Luanda - O XIII Congresso Ordinário da UNITA, a realizar-se de 13 a 15 de Novembro, em Luanda, terá a participação de 1.150 delegados oriundos de todas as províncias do país.

  • 19/10/2019 17:52:00

    JMPLA quer envolvimento dos jovens nas autarquias

    Ondjiva - O Secretário Nacional da JMPLA, Crispiniano Vivaldino dos Santos, pediu hoje(sábado), em Ondjiva, província do Cunene, o envolvimento activo de todos os militantes da organização juvenil, nas eleições autárquicas previstas para 2020.

  • 08/10/2019 18:15:14

    PR aprova projectos estruturantes para Cunene

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, assinou um despacho que aprova os contratos resultantes do Concurso Público, para a implementação de projectos estruturantes na província do Cunene.