Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

03 Janeiro de 2020 | 14h18 - Actualizado em 03 Janeiro de 2020 | 14h42

Polícia regista aumento de crimes no Huambo em 2019

Huambo - Três mil e 985 crimes de natureza diversas foram registados, ao longo do ano 2019, pela Polícia Nacional (PN) na província do Huambo, mais 81 casos em comparação ao igual período anterior.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Delegado do Interior no Huambo, Francisco Ribas

Foto: Aurélio Janeiro

Os dados foram prestados hoje, sexta-feira, pelo delegado local do Ministério do Interior, Francisco da Silva, quando discursava na cerimónia de cumprimentos de novo ano da corporação.

Na oportunidade, o responsável informou que as acções criminais foram registadas com maior predominância nos municípios do Huambo, Caála e Bailundo e, em consequência das denúncias dos cidadãos e das operações policiais desenvolvidas pelas forças da ordem, foram desmantelados grupos de marginais, bem como detidos vários cidadãos implicados no cometimento de delitos.

Nesta sequência, continuou, apreenderam-se, igualmente, diversos meios, com destaque para 39 armas de fogos de vários calibres, algumas com os seus respectivos carregadores e munições, assim como outros instrumentos bélicos usados pelos meliantes para o cometimento de crimes, bem como foram recuperadas três viaturas, 70 motorizadas de várias marcas, 265 kgs de cannabis e seis de crack.

No domínio da sinistralidade rodoviária e suas consequências, o também comandante da PN no Huambo fez saber que, ao longo do período em análise, foram registados 922 acidentes de viação, que causaram a morte de 173 pessoas, ferimento a outras 965 e danos materiais avaliados em 76 milhões e 772 mil kwanzas. 

Em termos comparativos, informou que se observou uma redução de 23 sinistros, 47 mortos e 24 milhões, 264 mil e 200 kwanzas em termos de danos materiais, ao passo que, quanto aos feridos, houve o aumento de 20 casos.

Quanto ao balanço dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, Francisco da Silva apontou o registo de 191 incêndios, menos 18, de médias e pequenas proporções, que ocorreram nos municípios do Huambo, Caála, Bailundo e Cahiungo.

Relativamente aos Serviços Penitenciários, disse que, em 2019, o estabelecimento registou uma média de internamento, estimada em mil e 367, de ambos os sexos, dos quais 787 condenados e os restantes detidos, com destaque para 160 reincidentes, por cometerem mais de um crime da mesma natureza.

Apesar de se observar o aumento de crimes, o delegado assegurou estarem controlados os níveis de criminalidade na província, tendo assegurado que estão identificadas algumas acções para prevenir e contrapor os intentos dos prevaricadores da ordem e tranquilidade públicas.

Para o alcance dos objectivos esperados, exortou os efectivos dos diversos órgãos executivos que compõem o Ministério do Interior a redobrarem os esforços, de modo a devolver à população a segurança ao longo do ano em curso.

“Precisamos, este ano, de adoptar as melhores medidas operacionais, para que possamos continuar a reduzir os índices de criminalidade nas principais cidades, sobretudo os cometidos com recurso a mão armada, os roubos de motorizadas e de valores monetários nas instituições bancárias, apesar de não serem habituais nesta circunscrição, dando o nosso melhor para a criminalidade não ganhar espaço”, declarou.

Durante a cerimónia, o delegado, que recebeu cumprimentos de novo ano dos oficiais superiores, subalternos e praças dos órgãos executivos do Ministério do Interior, procedeu à promoção do comandante da unidade provincial da Polícia de Intervenção Rápida (PIR), Matias Rodrigues, de superintendente para o grau de superintedente-chefe, com o respectivo patenteamento.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 20/12/2019 22:25:08

    Polícia Nacional detém 19 cidadãos por "arruaça" no Huambo

    Huambo - Dezanove cidadãos foram detidos hoje, sexta-feira, pela Polícia Nacional (PN), na província do Huambo, acusados de "arruaça" no centro da cidade e agressões às forças da ordem.

  • 20/12/2019 15:09:05

    Receitas no sector da Justiça no Huambo registam decréscimo

    Huambo - As receitas do sector da Justiça e dos Direitos Humanos na província do Huambo, ao longo do ano de 2019, estão cifradas em 259 milhões, 513 mil e 56 kwanzas, menos sete por cento em relação ao período análogo anterior, de acordo com o delegado local da Justiça e dos Direitos Humanos, Ernesto Estêvão Pedro.

  • 18/12/2019 18:05:10

    JMPLA lança Brigada Juvenil de Moralização da Sociedade

    Huambo - O Secretariado Nacional da JMPLA procedeu hoje, quarta-feira, na cidade do Huambo, o lançamento, a nível do país, da Brigada Juvenil de Moralização da Sociedade, com a indicação do coordenador nacional e a constituição da organização nesta província.