Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

10 Janeiro de 2020 | 17h32 - Actualizado em 10 Janeiro de 2020 | 17h32

Governo direcciona acções aos municípios com maior índice de pobreza

Huambo - O vice-governador da província do Huambo para sector Político, Social e Económico, José Cornélio, informou hoje, sexta-feira, que o Governo local vai direccionar, este ano, as acções do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza aos municípios com maior índice de pobreza multidimensional, como forma de reduzir as assimetrias.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

José Cornélio, Vice-Governador do Huambo para o Sector Político Social e Económico

Foto: Francisco Miúdo

Trata-se, segundo o responsável, que falava no final da 1ª sessão ordinária do Governo local, orientado pela governadora Joana Lina, dos municípios do Cachiungo, Chicala-Cholohanga, Chinjenje, Londuimbali e Mungo, dos 11 que compõe a província do Huambo, no planalto central de Angola.

Salientou que oito, em cada 10 pessoas que vivem nestes cinco municípios, são multidimensionalmente pobres (sem acesso à educação, saúde, emprego e habitação), indicadores estes que preocupam as autoridades da província.

José Cornélio referiu igualmente que, dos 11 indicadores que influenciam no Índice de Pobreza Multidimensional (IPM), o Instituto Nacional de Estatística (INE) aponta ainda, com base num estudo realizado recentemente, a falta de água potável, saneamento básico e electricidade da rede pública, como factores negativos que contribuem com mais de 40 por cento da pobreza destas municipalidades.

O responsável, que falava na qualidade de coordenador da Unidade Técnica de Acompanhamento e Supervisão do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza nesta região, considerou positivo o grau de implementação das acções planificadas no ano transacto, com 60 por cento de execução.

José Cornélio informou que, para o presente ano académico, pretende-se imprimir maior dinamismo na execução do programa de combate à pobreza, face aos resultados do Instituto Nacional de Estatística, com objectivo de elevar gradualmente o seu nível de desenvolvimento económico-social.

O responsável enfatizou que a alocação das verbas para o aludido programa depende, essencialmente, da apresentação dos projectos, por parte das administrações municipais, que, por sua vez, foram orientadas a faze-las dentro dos próximos dias e, posteriormente, remeterem à Unidade Técnica.

Todavia, José Cornélio referiu que os administradores municipais devem ter alguma cautela e prudência na execução do programa, confrontando, para o efeito, os planos de outros municípios, para que haja maior harmonização.

Este programa inclui, entre outras acções, a construção de infra-estruturas sanitárias, escolares e a distribuição da merenda escolar.

Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza, alinhado com o Plano Nacional de Desenvolvimento (PND), actua com base na articulação de várias intervenções sectoriais, como espelha o Decreto Presidencial nº 36/19, de 31 de Janeiro, que elege o município como unidade territorial principal de implementação.

Para o exercício económico 2019 foram alocados, para o planalto central, um valor global de três biliões, 958 milhões, 805 mil e 523 kwanzas, que se destinaram à construção de infra-estruturas sanitárias, escolares, reabilitação de estradas secundárias e terciárias, construção de sistemas de abastecimento de água e energia eléctrica, entre outros.

Vivem nesta região, antiga “Rainha do Milho de Angola”, dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, na sua maioria camponeses, que fazem das potencialidades agro-pecuárias a principal fonte de rendimento.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 09/01/2020 18:30:29

    Comandante destaca empenho do efectivo da RMC

    Huambo - O comandante da Região Militar Centro (RMC), tenente-general Dinis Segunda Lucama, destacou esta quinta-feira, no Huambo, o empenho do efectivo das Forças Armadas Angolanas (FAA) nas acções em prol da defesa e segurança nacional.

  • 08/01/2020 19:49:27

    MPLA defende fortalecimento da unidade e coesão

    Huambo - O fortalecimento da unidade e da coesão interna, para reforçar a capacidade governativa e enfrentar, da melhor forma, os desafios do presente e do futuro, constituem as principais prioridades do MPLA na província do Huambo no presente ano.

  • 08/01/2020 14:17:54

    General ressalta papel interventivo dos especialistas de saúde

    Huambo - O chefe da direcção dos Serviços de Saúde das Forças Armadas Angolanas (FAA), tenente-general Alberto de Almeida, destacou hoje (quarta-feira), no Huambo, o papel interventivo dos sanitários na prevenção e protecção da tropa e da sociedade, de forma geral, e em casos de endemias.