Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

22 Janeiro de 2020 | 13h00 - Actualizado em 22 Janeiro de 2020 | 13h25

General determina rigor na preparação combativa

Catumbela - O chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas, António Egídio de Sousa Santos, determinou a observância de uma maior responsabilidade na preparação combativa e operativa do efectivo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Chefe do Estado Maior General das FAA, general de exército Egídio de Sousa Santos

Foto: Henri Celso

O general de exército, que falava terça-feira no acto comemorativo do 44º aniversário da criação da Força Aérea Nacional (FAN), disse aos responsáveis militares que essa actividade deve continuar a ser encarada com mais rigor, porque dela depende o sucesso das missões.

Reconheceu que a FAN, mesmo em momentos difíceis, sempre se preocupou com a formação dos seus efectivos.

Durante a cerimónia, 19 cadetes, licenciados em comando táctico, defesa anti-aérea e administração aeronáutica pela Academia da Força Aérea Nacional, prestaram juramento à Pátria.

Leia também
  • 12/01/2020 08:59:23

    Agente da polícia morto a catanada no Bocoio

    Lobito - O agente da polícia Francisco Cavondola foi assassinado a catanada na sexta-feira última, no município do Bocoio, província de Benguela, durante uma operação na via pública, apurou hoje a Angop.

  • 11/01/2020 13:25:54

    Detido administrador municipal de Benguela

    Benguela - O administrador municipal de Benguela, Carlos Guardado, está detido desde a manhã deste sábado, supostamente indiciado nos crimes de corrupção, furto doméstico, peculato e tráfico de influência.

  • 05/01/2020 19:25:20

    PR pede apoio externo no combate à corrupção

    Benguela - O Presidente da República, João Lourenço, apelou, neste domingo, à cooperação internacional no combate à corrupção e impunidade em Angola.