Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

04 Fevereiro de 2020 | 14h38 - Actualizado em 05 Fevereiro de 2020 | 08h09

Juventude deve conhecer real história do país

Moçâmedes - A juventude angolana deve empenhar-se em estudos que retratam a vida histórica do pais, para que possa transmitir tais conhecimentos as futuras gerações.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A posição é da vice-governadora do Namibe, Maiza Tavares, que falava hoje, nesta cidade, no quadro das comemorações do 4 de Fevereiro, Dia do Início da Luta Armada de Libertação Nacional.

Entre outras, actividades, a dirigente fez a deposição de uma coroa de flores no tumulo do soldado desconhecido, em memória aos heróis do 4 de Fevereiro.

No âmbito da efeméride, várias acções de carácter político-social, cultural e desportivo têm lugar um pouco por todo país.

No Zaire, o primeiro-secretário do MPLA, Pedro Júlia, destacou o sacrifício consentido pelos heróis desta luta, cuja acção resultou na conquista da Independência Nacional, a 11 de Novembro de 1975.

Já no Bié, o governador, Pereira Alfredo, defendeu também a preservação data.

Ao falar no acto político, o dirigente disse que o legado do 4 de Fevereiro deve continuar a ser preservado pela antiga, actual e futuras gerações, por contribuir para o alcance da independência nacional e consequente paz definitiva no país.

Em Ondjiva, a governadora local,  Gerdina Didalelwa, defendeu a necessidade dos camponeses na província do Cunene redobrar os esforço para aumento da produção agrícola, aproveitando as chuvas que se abatem na região depois de um ano de seca severa.

A governante que falava no acto 4 de Fevereiro, Dia do Inicio da Luta de Libertação Nacional, disse que para tal é necessário que as administrações locais dentro dos seus Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate a Pobreza adquiram sementes de ciclo vegetativo curto, ferramentas de trabalho e distribuir aos camponês.

Leia também
  • 01/02/2020 18:23:01

    Ministro quer maior intervenção nos municípios

    Ondjiva - O ministro da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, pediu hoje, sábado, em Ondjiva, no Cunene, os governos provinciais a reforçarem as acções destinadas a resolução dos problemas das comunidades.

  • 30/01/2020 19:32:32

    JMPLA reafirma aposta na moralização das famílias

    Ondjiva - A JMPLA no Cunene aposta na capacidade e iniciativa dos jovens da região, como agentes de mudança e impulsionadores do resgate dos valores morais, cívicos e da moralização das famílias.

  • 18/01/2020 13:25:54

    Delegado do Minint orienta SIC a elevar níveis operacionais

    Ondjiva - O delegado do Ministério do Interior no Cunene, Tito Munana, orientou sexta-feira os efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC) a aprimorarem, cada vez mais, os métodos de investigação e instrução dos processos crimes, no âmbito do combate à corrupção.