Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

27 Fevereiro de 2020 | 23h48 - Actualizado em 28 Fevereiro de 2020 | 15h53

Bélgica junta-se ao combate à corrupção em Angola

Luanda - O Reino da Bélgica vai juntar-se aos esforços do Executivo angolano no combate à corrupção, uma das ?bandeiras? da governação do Presidente João Lourenço, cujo mandato iniciou a 26 de Setembro de 2017.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Embaixador do Reino da Bélgica em Angola, Jozef Smets.

Foto: Nelson Malamba

Governador do Banco Nacional de Angola (BNA), Lima Massano.

Foto: Nelson Malamba

Em declarações à imprensa, o embaixador do Reino da Bélgica em Angola, Jozef Smets, afirmou que a ajuda do governo que representa vai ter como foco a formação de quadros dos ministérios angolanos da Justiça e do Interior.

Segundo, o embaixador que falava à margem da “Belgian Business Club in Angola”, iniciativa que reúne mensalmente empresários dos dois países, essa aposta do Governo belga visa fortalecer as capacidades de Angola no combate à  corrupção.

“A luta contra a corrupção está a acontecer em vários  países da África Austral e incentivamos a iniciativa”, referiu o diplomata, sublinhando que a Bélgica e outros Estados membros da União Europeia estão de acordo com esse combate.

Segundo o embaixador, regista-se um diálogo aberto com as autoridades angolanas, enaltecendo a diplomacia do país que está a fazer um trabalho que considerou notável.

Disse ser um trabalho que está a fortalecer a estabilidade a nível da  região dos Grandes Lagos e a criar um bom ambiente de negócios.

Para o diplomata, Angola será  sempre um  parceiro importante a nível da  região.

Em termos  comerciais admitiu que o volume de importação e  exportação “não foi muito bom”, devido a conjuntura que Angola registou durante o ano de  2019.

Os sectores portuário, diamantífero e da Energia e Águas são os que mais interessam os empresários belgas que investem e pretendem investir em Angola.

Durante o encontro, o governador do Banco Nacional de Angola (BNA), Lima  Massano, falou sobre a situação macroeconómica do país e dos passos para a melhoria do ambiente de negócios em Angola.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 28/02/2020 14:33:13

    Instituto de Defesa Nacional realiza jornada

    Luanda - O Instituto de Defesa Nacional (IDN) afecto ao Ministério Nacional da Defesa Nacional, efectuou hoje (sexta-feira) a abertura do ano pedagógico e a Jornada de Defesa Nacional com finalidade de criar a consciência patriótica no seio da Juventude.

  • 28/02/2020 01:09:02

    Comissão de mandato da LIMA aprova três candidaturas

    Luanda - A comissão de mandato do IV Congresso Ordinário da Liga da Mulher Angolana ( LIMA) aprovou quinta-feira, no município de Viana, em Luanda, três candidaturas para a presidência dessa organização feminina da Unita.

  • 28/02/2020 00:13:29

    Síntese das principais notícias das últimas 24 horas

    Luanda - A Agência Angola Press, Angop E.P, incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos: