Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

19 Março de 2020 | 19h16 - Actualizado em 20 Março de 2020 | 09h18

Ministro do Interior reforça alerta para a segurança na fronteira

Ondjiva - O ministro do Interior, Eugénio Laborinho, alertou esta quinta-feira, em Ondjiva, província do Cunene, para a necessidade do reforço das acções de segurança na fronteira Angola/Namíbia, a fim de se garantir a sua inviolabilidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

CUNENE: APRESENTADO O NOVO DELEGAGO E COMANDANTE DA POLICIA NACIONAL NO CUNENE

Foto: JOSÉ CACHIVA

CUNENE: ANTONIO LEITÃO RIBEIRO - COMANDANTE DA POLICIA NACIONAL NO CUNENE

Foto: JOSÉ CACHIVA

No acto de apresentação do novo delegado da Polícia Nacional no Cunene, António Leitão Ribeiro, Eugénio Laborinho sublinhou que o momento de paz que o país vive atrai muitos nacionais dos Estados vizinhos para Angola.

Segundo o ministro, essa razão faz com que se redobre a atenção dos órgãos de segurança ao longo da fronteira, devendo-se aumentar as acções de patrulhamento.

“É necessário que os integrantes dos Serviços de Migração Estrangeiros e da Polícia de Guarda-Fronteira estejam disponíveis para manter a inviolabilidade da fronteira e combater a criminalidade”, advertiu o governante.

Na óptica do ministro, com as alterações no mundo motivadas pela pandemia COVID-19, o efectivo do Interior é chamado a reforçar as medidas de segurança, em cumprimento das disposições do Decreto Presidencial Legislativo provisório em relação ao encerramento das fronteiras.

Combate à corrupção e crimes transfronteiriços  

Por sua vez, a governadora do Cunene, Gerdina Didalelwa, encorajou o novo comandante provincial da Polícia a reforçar as acções contra a corrupção, o nepotismo, a impunidade e crimes conexos.

A governante sublinhou que, apesar de a situação de segurança pública no Cunene ser estável, deve-se intensificar as acções de contenção contra os crimes transfronteiriços e incentivar às comunidades para a cultura de denúncia.

A província do Cunene partilha uma fronteira de 460 quilómetros com a República da Namíbia, 340 dos quais são terrestres e 120 fluviais.

Assuntos Província » Cunene  

Leia também
  • 10/03/2020 13:29:28

    Região judicial sul intensifica acções contra corrupção

    Ondjiva - O sub Procurador-geral titular da República na Huíla, Hernâni Beira Grande, reafirmou segunda-feira a aposta na intensificação das acções para desencorajar os actos de corrupção na região que integra as províncias do Cunene, Huíla, Namibe e Cuando Cubango.

  • 22/02/2020 14:18:15

    Angola diz basta à corrupção

    Luanda - Várias marchas de repúdio às práticas de corrupção e impunidade, convocadas pelo MPLA, decorreram, neste sábado, em 17 das 18 províncias do país.

  • 20/02/2020 17:57:22

    Cunene e Huíla reforçam combate à criminalidade

    Ondjiva - Os comandos auxiliares da “Operação Transparência” do Cunene e da Huíla reforçaram esta quinta-feira, na cidade de Ondjiva (Cunene), as estratégias para a prevenção e o combate à imigração ilegal e exploração ilícito de metais preciosos, durante um encontro de concertação.