Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

28 Maio de 2020 | 09h46 - Actualizado em 28 Maio de 2020 | 14h08

MPLA considera Dom Óscar Braga cultor do bem-estar das famílias

Luanda - O Bureau Político do MPLA considerou hoje, quinta-feira, numa mensagem de condolências, o Bispo Emérito de Benguela, Dom Óscar Braga, verdadeiro cultor do bem-estar das famílias angolanas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Bureau Político do MPLA destaca figura de Dom Óscar Braga

Foto: Angop

No documento, a que Angop teve acesso, o MPLA destaca a figura do prelado, falecido terça-feira, por doença, sobretudo por se ter notabilizado como criador de instituições de ensino e movimentos pastorais cultores da cidadania participativa.

O Bureau Político realça que Dom Óscar Braga teve uma vida repleta de lições de honestidade e intelectualidade, mansidão e altruísmo, inspirando várias gerações de angolanos que, no dia-a-dia, reflectem sobre as manifestações práticas da filosofia de vida do malogrado.

Pelas suas qualidades, o MPLA considera que Angola e a Igreja Católica, em particular, perderam uma das suas mais proeminentes personalidades, deixando um legado recheado de bons exemplos inerentes à dimensão da sua estatura intelectual, patriótica, religiosa e humana.

Pelo infausto acontecimento, o partido no poder inclina-se perante a memória do Bispo Dom Óscar Braga e endereça à Igreja Católica e à família enlutada as mais sentidas condolências.

Perfil

Óscar Lino Lopes Fernandes Braga nasceu em Malanje, a 30 de Setembro de 1931. 

Entrou para o seminário já com o ensino superior e ordenou-se padre em 1964, sendo que, 10 anos depois, foi ordenado Bispo, em Malanje.

Em 1975, assumiu a Diocese de Benguela até 2008, altura em que foi substituído por Dom Eugénio Dal Corso. 

Nos seus 33 anos de missão episcopal, saíram três bispos da Diocese de Benguela: José Nambi, Mário Lukundi e Emílio Sumbelelo.

Dom Óscar Braga, que ordenou mais de 300 padres, foi o fundador, em 1995, da Promoção da Mulher Angolana  na Igreja Católica (Promaica) e do Movimento do Escutismo em Angola.

Assuntos Igreja  

Leia também
  • 13/02/2020 19:23:30

    Igreja Adventista encoraja medidas contra a corrupção

    Luanda - O presidente mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia, Ted Wilson, encorajou nesta quinta-feira, em Luanda, as acções do Chefe de Estado angolano, João Lourenço, no combate à corrupção no país.

  • 23/02/2019 07:49:15

    CICA saúda resultado da Operação Resgate no Bié

    Cuito - A secretária-geral do Conselho de Igrejas Cristãs de Angola (CICA), reverenda Deolinda Dorcas Teca, considerou hoje, no Cuito, de positivo os resultados da Operação Resgate, em relação às actividades das igrejas e na reposição da autoridade do Estado angolano.

  • 30/01/2019 19:38:46

    Governante destaca papel da igreja no resgate dos valores morais e cívicos

    Menongue - A vice-governadora do Cuando Cubango para o sector Político, Social e Económico, Sara Luísa Mateus, reconheceu hoje, nesta cidade, o papel da igreja no resgate dos valores morais e cívicos e na construção de uma sociedade unida nos ideais de amor ao próximo, fraternidade e irmandade.