Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

30 Junho de 2020 | 15h22 - Actualizado em 30 Junho de 2020 | 15h34

Cuanza Norte: PGR aposta na expansão dos serviços

Ndalatando - A Procuradoria-Geral da República (PGR) deverá alargar, proximamente, a sua actividade ao maior número de municípios das seis províncias que compreendem a Região Judiciária Norte, soube-se esta terça-feira, no Cuanza Norte.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Para o efeito, este órgão de justiça trabalha já na criação de infra-estruturas e reforço dos recursos humanos, além do Cuanza Norte, nas províncias do Uíge, Malanje, Bengo, Zaire e Cabinda, segundo o procurador-geral-adjunto, João Freitas.

Em visita de trabalho de quatro dias ao Cuanza Norte, sede da referida região judiciária, o magistrado reiterou a necessidade de uniformização do modelo de trabalho nessa zona, sobretudo no que concerne a avaliação dos quadros e actividade processual.

O procurador tem agendadas, entre outras, deslocações aos órgãos da PGR, Polícia Nacional, Serviços de Investigação Criminal e instalações dos tribunais nos municípios de Cazengo (sede provincial), Cambambe, Golungo-Alto e Ambaca.

A actividade do sector no Cuanza Norte é assegurada por 17 magistrados.

Leia também
  • 30/06/2020 14:04:36

    Caso 500 Milhões: MP defende penas não inferiores a 10 e 7 anos

    Luanda - O Ministério Público (MP) pediu, esta terça-feira, pena não inferior a 10 anos de prisão para o ex-governador do Banco Nacional de Angola Walter Filipe, no ?Caso 500 milhões?.

  • 30/06/2020 09:39:34

    Detido secretário do Governo do Cuanza Sul

    Sumbe: O secretário-geral do Governo Provincial do Cuanza Sul, Carlos Henriques, voltou a ser detido, esta segunda-feira, pelos órgãos de investigação criminal, por violação das medidas de liberdade condicional impostas há 20 dias.

  • 24/06/2020 15:53:54

    Oficial da PN condenado por venda de arma de fogo

    Ndalatando - O Tribunal Militar da Região Norte condenou, na terça-feira, em Ndalatando, província do Cuanza Norte, um subinspector da Polícia Nacional (PN) a seis anos de prisão, por extravio e venda de uma arma de fogo.