Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

11 Julho de 2020 | 17h07 - Actualizado em 13 Julho de 2020 | 13h17

Ministro da Defesa destaca prontidão das FAA na Região Norte

Uíge - O ministro da Defesa, Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos "Liberdade", destacou hoje a prontidão das Forças Armadas Angolanas (FAA), afectos à Região Militar Norte, no cumprimento das missões e tarefas baixadas superiormente.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

“Faço uma avaliação bastante positiva, porque o comando da Região Militar Norte (RMN) e as unidades que a compõem cumprem com as missões e as tarefas que lhe são atribuídas”, disse o governante no final da visita de três dias que efectuou àquela região militar, na província do Uíge.

A Região Militar Norte é composta por cinco províncias, nomeadamente Uíge (Sede), Malanje, Bengo, Cuanza-Norte e Zaire.

João Ernesto dos Santos “ Liberdade” admitiu ter constatado problemas relacionados com a falta de transportes nas unidades militares, mas garantiu que os meus serão solucionados com o apoio do Executivo.

“Há alguns problemas que carecem de atenção e decisão urgente da entidade superior que superintende a Defesa Nacional”, reconheceu o governante.

Em relação à Região Militar Cabinda, o ministro da Defesa garantiu que, de momento, a situação está calma, uma vez que o comando superior das FAA tem vindo a tomar medidas de manutenção na fronteira, evitando violações por parte de elementos da FLEC e o contrabando de combustíveis para os dois Congos.

Destacou ainda o bom ritmo de execução física e financeira das obras de construção do quartel-modelo, no município de Negage, e de outras dependências na sede da Região Militar Norte, na cidade do Uíge.

Enalteceu, igualmente, os trabalhos de reabilitação de algumas infra-estruturas do aeródromo de Negage, afecto ao comando da Força Aérea Nacional, com vista a melhorar as condições dos seus efectivos.

 Anunciou a elaboração, nos próximos anos, de um programa que visa a recuperação parcial daquele aeródromo militar, de forma a devolver o seu real papel como acontecia no passado.

O ministro da Defesa Nacional realçou, também, a segurança ao longo da fronteira com a República Democrática do Congo (RDC), no âmbito das medidas de prevenção da Covid-19, pelas forças da Polícia de Guarda-Fronteiras.

 Em relação à fronteira, disse o ministro, as informações disponíveis dão conta que a situação está sob controlo das forças. "Não temos indícios de situações anómalas”, reforçou.

Durante a visita de três dias à província do Uíge, João Ernesto dos Santos “ Liberdade” manteve encontros separados com o governador Sérgio Luther Rescova, com os membros do Comando e Estado-Maior da RMN, de quem recebeu informações sobre a situação das tropas e da segurança ao longo da fronteira.

O ministro da Defesa visitou, igualmente, várias dependências da RMN, na cidade do Uíge, da 22.ª Brigada de Infantaria, no município de Maquela do Zombo, e constatou as obras de construção do quartel-modelo, no Negage.

Assuntos Defesa   Província » Uíge  

Leia também
  • 23/06/2020 16:09:42

    Comissão Nacional Eleitoral inaugura representação no Uíge

    Uíge - O novo edifício sede da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) no Uíge foi inaugurado esta terça-feira, com vista a proporcionar melhores condições de trabalho aos seus funcionários.

  • 02/06/2020 17:01:22

    Novo governador do Uíge promete trabalho na continuidade

    Uíge - O novo governador do Uíge, Sérgio Luther Rescova, prometeu hoje (quarta-feira) continuar com o programa de governação da província, para melhorar as condições de vida das populações.

  • 29/05/2020 16:31:50

    Covid-19: Paulo de Almeida exorta reforço da vigilância

    Uíge- O Comandante-Geral da Polícia Nacional, comissário-geral Paulo de Almeida, exortou hoje (sexta-feira), no município de Maquela de Zombo, província do Uíge, os efectivos da Polícia de Guarda de Fronteiras (PGF) a reforçarem a vigilância no combate à imigração ilegal na fronteira entre a província do Uíge e a República Democrática do Congo (RDC), no âmbito das medidas de prevenção e combate a covid-19.