Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

16 Julho de 2020 | 18h47 - Actualizado em 16 Julho de 2020 | 18h47

ONG checa lança projecto "Vamos Votar"

Cuito - A Organização Não Governamental checa People In Need (PIN), em parceria com o Instituto para a Cidadania, lançaram hoje (quinta-feira), no Cuito (Bié), um projecto nacional denominado "Vamos Votar" nas eleições autárquicas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

No acto de lançamento, a chefe nacional da PIN no país, Sandra Fernandes, frisou que o lançamento do projecto visa capacitar os potenciais eleitores, no sentido de participarem em massa nas próximas eleições autárquicas.

A responsável fez saber que o referido projecto  constitui uma “voz mais forte”, para um futuro melhor, que perspectiva atingir maior envolvimento dos cidadãos nas primeiras eleições autárquicas em Angola, previstas para o ano em curso.

Porém, os cidadãos serão fortalecidos com conhecimento e respeito pelos direitos humanos, pelas liberdades fundamentais, disponibilizando competências, recursos e oportunidades para que sejam parte da mobilização e educação dos eleitores.

Sandra Fernandes salientou que este exercício democrático poderá estabelecer um novo paradigma de relação com o poder mais próximo do cidadão e determinante para que o mesmo exerça o seu direito de voto e decidir aquele que se apresente melhor para dirigir uma determinada municipalidade.

Ela disse ainda que tendo em conta o surgimento do novo Coronavirus “Covid-19”, o projecto contempla uma componente de realização de actividades de sensibilização sobre as medidas de prevenção e de distribuição de materiais de projecção para as comunidades.

Na ocasião, a administradora municipal adjunta do Cuito, Ângela Ucuanhanga, enalteceu o projecto que, segunda ela, irá incentivar os cidadãos a participar activamente no processo.

Entretanto, o referido projecto terá a duração de 24 meses, com um custo global de 266 milhões 679 mil e 879 kwanzas e será financiado pela União Europeia.

A PIN foi fundada em 1992 na República da Checoslováquia. Se instalou no país em 2006, concretamente na província do Bié, com a implementação dos projectos de educação e agricultura. Neste momento já está implantada nas províncias de Luanda, Huíla, Moxico e Cuanza Sul.

Leia também
  • 07/07/2020 18:48:24

    Covid-19: MPLA no Bié denuncia campanhas de desinformação

    Cuito - Algumas pessoas de má-fé insistem em desacreditar, desinformando a população da inexistência da covid-19, com pretexto da mesma ser uma “invenção do MPLA”, uma informação que não constitui a verdade, denunciou, hoje (terça-feira), na comuna do Cunje, o primeiro secretário desse partido no Bié, Pereira Alfredo.

  • 02/07/2020 20:40:25

    Luzia Inglês assume desafios na OPM

    Luanda - A secretária regional da Organização Pan-Africana da Mulher (OPM) para Africa-Austral, Luzia Inglês Van-Dúnem "Inga", garantiu nesta quinta-feira, em Luanda, que, durante o seu mandato, vai empenhar-se no contínuo empoderamento das mulheres da região e do continente.

  • 25/06/2020 19:06:55

    MPLA desmente importação de pandemia para retardar autarquias

    Cuito - O segundo secretário provincial do MPLA no Bié, Anastácio Sambowe, refutou hoje, quinta-feira, informações que circulam em algumas comunidades da região, segundo as quais o partido no poder importou a Covid-19 para retardar a realização das eleições autárquicas no país.