Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

30 Janeiro de 2018 | 17h22 - Actualizado em 30 Janeiro de 2018 | 17h22

Luanda com novas brigadas de conservação de estradas

Luanda - Oito brigadas de manutenção e conservação de estradas, criadas pelo Fundo Rodoviário, entraram hoje (terça-feira) em funcionamento nos troços Cabolombo/Cabo Ledo e Muxima/Catete/Maria Teresa, em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Projecto emprega moradores das áreas adjacentes às obras

Foto: belarmina paulino

As brigadas contam com 20 brigadistas cada, que realizarão trabalhos em 25 quilómetros de estrada, sendo que a empreitada consiste na limpeza de bermas, valetas e valas de drenagem, taludes, operações de tapa-buraco e reposição da sinalização horizontal e vertical.

Os brigadistas terão igualmente a missão de detectar o surgimento de ravinas, um dos fenómenos de deterioração das estradas em curto espaço do seu tempo de vida útil.

Cerca de 160 pessoas prioritariamente ex-militares e jovens desempregados, recrutados nas comunidades adjacentes aos troços contemplados, fazem parte das equipas de manutenção.

De acordo com o administrador para área técnica do Fundo  Rodoviário, Simão Tomé, que falava à imprensa, os trabalhos serão dirigidos por uma empresa local contratada, que terá igualmente a responsabilidade de gerir as brigadas.

Fez saber que o projecto prevê um custo mensal por brigada em torno de cinco milhões de kwanzas, um valor, segundo disse,  relativamente baixo em relação ao orçamento de reabilitação de uma estrada.

Segundo disse, o projecto de brigadas de conservação visa cobrir cerca de 13 mil quilómetros de estradas a nível nacional, já reabilitadas, com grupos de brigadistas que ficarão responsáveis pela conservação dos eixos. 

"É extremamente importante que depois da construção da estrada existam pessoas que cuidem da conservação para que a sua durabilidade se prolongue”, frisou.

Criado em 2015, o Fundo Rodoviário é o órgão que a nível da administração indirecta do Estado se responsabiliza pela manutenção e conservação das estradas da rede fundamental.

Analisar e aprovar o Programa Anual de Conservação e Manutenção de Estadas de Angola, analisar e aprovar, com vista a sua inserção no Programa Nacional de Conservação e Manutenção de Estradas, os troços submetidos pelo Instituto de Estadas de Angola (INEA), pelos Governos Provinciais e pelas Administrações Municipais são outras atribuições deste órgão.

Assuntos Estradas   Obras Públicas  

Leia também
  • 01/02/2019 19:46:31

    Obras do túnel da avenida Van-Dúnem "Loy" já em curso

    Luanda -As obras do nó viário na avenida Van-Dúnem "Loy", na zona da UGP, arrancaram hoje(sexta-feira), com inicio da construção de estacas, muros e lajes de um dos túneis do viaduto.

  • 01/02/2019 04:12:21

    Huíla: Hospital "Pioneiro Zeca" vai contar com mais cem camas

    Lubango - O hospital pediátrico do Lubango "Pioneiro Zeca" está a beneficiar, a partir desta semana, de obras de reabilitação e ampliação que vão, dentro de oito meses, dotar a unidade de mais cem camas, passando de 150 para 250 leitos.

  • 26/01/2019 18:06:46

    Nova ponte metálica liga Malweca e Comandante Bula

    Luanda - Uma nova ponte metálica vai ser erguida nos próximos três meses sobre a vala de drenagem na zona limítrofe entre os bairros Malweca, município de Cacuaco, e Comandante Bula, Cazenga, informou, este sábado, o administrador do Cazenga, Albino da Conceição José.

  • 16/01/2019 19:57:50

    Centralidade da Quilemba terá energia e água em Abril

    Lubango - As primeiras 850 residências, das oito mil da Centralidade da Quilemba, no Lubango, província da Huíla, terão energia eléctrica e água potável até Abril deste ano, anunciou hoje a ministra do Ordenamento do Território e Habitação, Ana Paula de Carvalho.