Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

03 Agosto de 2018 | 02h50 - Actualizado em 03 Agosto de 2018 | 02h50

Moxico: Ministra recomenda criação de instrumentos legais para fiscalizar áreas de riscos

Luena - A ministra do ambiente, Paula Francisco Coelho, recomendou nesta quinta-feira, no Luena (Moxico), a criação de um instrumento legal que visa detectar, identificar, monitorar, bem como, fiscalizar as áreas de riscos para se eliminar o surgimento de ravinas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Moxico: Participantes no Workshop sobre Ravinas

Foto: Kinda kyungu

Moxico: Ministra do Ambiente, Paula Francisco

Foto: Kinda kyungu

A governante, que fez tal recomendação no acto de abertura do workshop sobre as ravinas em Angola, argumentou que a propagação das ravinas não só afecta as comunidades como também condiciona o desenvolvimento sustentável do país e a conservação do ecossistema.

Para se inverter o quadro, entre outras medidas, a ministra apontou a necessidade de adoptar boas práticas ambientais, dedicar maior atenção aos factores que desencadeiam as ravinas, quer sejam naturais como a própria acção do homem que resulta na destruição da cobertura vegetal, eliminando o seu papel de protector.

“Por vezes a construção e abertura de novas estradas e outras obras de construção civil, implica a movimentação de solo de um lado para outro, contribuindo para o aparecimento do fenómeno erosivo”, sublinhou.

Fez saber, por outro lado, que as alterações climáticas representam um fenómeno potencialmente multiplicador dos factores desencandadores de ravinas, sendo que o aquecimento global e o seu impacto afectam à erosão dos solos.

Por sua vez, o governador do Moxico, Gonçalves Muandumba, disse que a resolução dos problemas das ravinas trará segurança física e económica nas vidas das populações.

Apontou o facto de a província ter uma população maioritariamente jovem como um factor importante que permitirá a implementação da educação ambiental, a fim de que no futuro assumam o desafio de cuidar do meio e fazer da ecologia prática diária.

“Quando dizemos que a vida faz se nos municípios, no presente caso queremos sublinhar a importância de que esta discussão seja feita a nível das comunidades e das escolas, dois espaços emblemáticos que podem e devem forjar atitudes e práticas ecológicas” defendeu.

Gonçalves Muandumba mostrou-se ainda preocupado com o abate indiscriminado de árvores que se vem registando, bem como das escavações de terras de forma desregradas, cuja prática, na sua óptica, deve ser banida.

Decorrido sob o lema “Proteger a natureza e prevenindo a erosão”, o workshop abordou questões relacionadas com a "acção do homem no surgimento e agravamento das ravinas", "erosões e o caso particular das ravinas", "estudo e caracterização das ravinas de Angola" e monitoramento de processos erosivos em angola.

Participaram do encontro de carácter regional, representantes das províncias da Lunda Sul, Cuando Cubango e Moxico (anfitriã).

Leia também
  • 03/11/2018 14:02:52

    Asfaltagem do troço que dá acesso a Escola Politécnica inicia este mês

    Luena - As obras da asfaltagem da estrada que liga a cidade do Luena à Escola Superior Politécnica do Moxico (ESPM), afecta a Universidade José Eduardo dos Santos (UJES), no sentido leste, começam este mês (Novembro), anunciou hoje, sábado, o vice-governador provincial para o sector político, económico e social, Carlos Alberto Masseca.

  • 02/10/2018 18:34:06

    Inquilinos recusam-se ocupar casas nos projectos habitacionais

    Ndalatando - Arrendatários das casas sociais, construídas durante a primeira fase do programa de edificação de 200 fogos habitacionais em nove dos 10 municípios da província do Cuanza Norte, recusam habitar nelas, por falta de serviços sociais básicos, como energia eléctrica, água, saneamento básico, postos de saúde e escolas.

  • 15/09/2018 22:20:30

    Moxico: Governador lança primeira pedra para construção de três projectos de impacto social

    Luena - O governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba lançou hoje, sábado, no Luena, a primeira pedra para construção de uma passagem hidráulica sobre o rio Luena, a Escola primária do bairro Kwenha, bem como a asfaltagem da estrada que liga a cidade à Escola Superior Politécnica do Moxico.

  • 28/08/2018 22:16:54

    Estrada Lucala/Samba Caju beneficia de trabalhos de tapa buracos

    Ndalatando - Cerca de 40 dos 60 quilómetros de estrada, que liga Lucala ao Samba Caju, na província do Cuanza Norte, estão a ser intervencionadas, numa operação de tapa buracos, visando a melhoria da circulação no referido troço, apurou esta terça-feira à Angop.