Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

10 Agosto de 2018 | 17h30 - Actualizado em 10 Agosto de 2018 | 17h30

Insuficiência de equipamentos condiciona intervenção de vias terciárias

Malanje - A escassez de máquinas e outros equipamentos de manutenção está a condicionar os trabalhos de terraplenagem das vias terciárias que dão acesso aos bairros periféricos da cidade de Malanje, informou hoje, o administrador local, João de Assunção.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Pormenor da Cidade de Malanje

Foto: Lino Guimarães

De acordo com o responsável, os camiões, retroescavadoras e outros equipamentos são usados simultaneamente para serviços de limpeza e saneamento básico da cidade de Malanje e arredores, atrasando assim alguns trabalhos de melhoria das estradas.

Na sua óptica, um dos bairros mais afectados é o Maxinde, onde durante este ano foram intervencionados apenas três vias, enquanto outras aguardam por reabilitação, o que tem dificultado a circulação rodoviária na área, sobretudo na época chuvosa.

Precisou que apesar das dificuldades, os trabalhos de terraplenagem de alguns troços nos bairros prosseguem, numa altura em que já foram concluídas as empreitadas das ruas do Farol e do Dom Quixote, ambas no bairro Catepa e o troço Cambondo do Cuije/Maxinde.

Fez saber que estão a ser catalogados os troços críticos que ainda clamam por reabilitação, para que comecem a ser intervencionados quando chegarem ao município nos próximos dias os kits de manutenção de estradas adquiridos pela administração municipal.

O município de Malanje compreende as comunas de Ngola Luije e Cambaxe, com uma população estimada em 486 mil e 870 habitantes.

A sede municipal compreende os bairros Maxinde, Catepa, Vila Matilde, Canâmbua, Campo de Aviação e Carreira de Tiro, os principais que ligam o casco urbano.

Leia também
  • 03/08/2018 02:50:31

    Moxico: Ministra recomenda criação de instrumentos legais para fiscalizar áreas de riscos

    Luena - A ministra do ambiente, Paula Francisco Coelho, recomendou nesta quinta-feira, no Luena (Moxico), a criação de um instrumento legal que visa detectar, identificar, monitorar, bem como, fiscalizar as áreas de riscos para se eliminar o surgimento de ravinas.

  • 03/08/2018 02:39:52

    Angola possui actualmente mais de 200 zonas erosivas

    Luena - Duzentos e 64 zonas erosivas foram identificadas de dezembro de 2017 até a data presente pelo Sistema de Informação Geográfica do Ministério da Construção e Obras Públicas (SIGMINCOP), revelou quinta-feira, no Luena (Moxico), o chefe do referido projecto, Artur do Nascimento.

  • 01/08/2018 19:21:09

    Governo prioriza reparação do troço Luau/Alto Zambeze

    Luena - O governo da provincial do Moxico reiterou o desejo de reparar nos próximos dias, o troço rodoviário que liga o município do Luau ao Cazombo (Alto Zambeze), de forma a minimizar as dificuldades que se fazem sentir na região.