Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

28 Agosto de 2018 | 22h16 - Actualizado em 28 Agosto de 2018 | 21h56

Estrada Lucala/Samba Caju beneficia de trabalhos de tapa buracos

Ndalatando - Cerca de 40 dos 60 quilómetros de estrada, que liga Lucala ao Samba Caju, na província do Cuanza Norte, estão a ser intervencionadas, numa operação de tapa buracos, visando a melhoria da circulação no referido troço, apurou esta terça-feira à Angop.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cuanza Norte:Estrada Lucala/Samba Caju beneficia de trabalhos de tapa buracos

Foto: Diniz Simão

Cuanza Norte: Encarregado de obras da empresa Agrobal, David Nunes

Foto: Diniz Simão

Os trabalhos estão a ser executados pela empresa Agrobal, que está intervir nos 40 quilómetros considerados críticos dos 60 que compõem o referido troço, com o financiamento do Fundo Rodoviário de Angola.

Em declarações à Angop, no local, o responsável da empreitada, David Nunes, esclareceu que o trabalho paliativo de tapa buracos, teve início em Maio, último, termina dentro dos próximos três meses, o que vai melhorar a circulação rodoviária no referido trajecto.

Aclarou que a acção consiste na recelagem dos buracos existentes na via, causados pelas chuvas e pela degradação do asfalto, com rochas asfáltica.

Indicou que desde o início do processo o troço beneficiou primeiramente de limpeza e desmatação das bermas, estando neste momento a ser colocado asfalto nos buracos existentes, nos dois sentidos.

Segundo o responsável, este trabalho paliativo, quando for concluído, contribuirá para a melhoria da mobilidade, do conforto e da segurança dos automobilistas que circulam entre Lucala e Samba Caju.

“Quando terminar vamos ter uma estrada boa, a circulação será normalizada, não teremos uma estrada nova, mas uma que vai facilitar o tráfego já que os buracos que criavam constrangimentos à circulação serão todos tapados”, sublinhou.

Interpelados pela Angop, utilizadores da via manifestaram-se satisfeitos com os trabalhos em curso, considerando que vão facilitar a circulação de viaturas.

Para António Manuel, taxista que faz a rota Ndalatando/Ambaca, a empreitada contribuirá para uma melhor circulação dos automobilistas e evitará danos às viaturas.

"Trabalhos do género são de louvar, uma vez que os buracos existentes nesta via criam dificuldades aos condutores", salientou.

João Quilembe, camionista, referiu que a acção vai incultar o tempo de viagem entre Ndalatando e Uíge, que já era feito em três horas e que aumentou para cinco devido os buracos na estrada.

O mesmo defendeu a necessidade da continuidade da operação de tapa buracos para permitir a conservação das vias e se evitar, igualmente, acidentes.

A empreitada garantiu emprego a 33 jovens.

O troço integra a via Lucala/Samba Caju/Negaje e faz parte da Estrada Nacional 120, que começa em Noqui, província do Zaire, atravessa as províncias do Uíge e Cuanza Norte, em direcção ao Cunene. Passa pelo Huambo, Cuvango, Cuvelai e Ondjiva, terminando na fronteira sul, em Santa Clara. A sua extensão é de mil e 500 quilómetros.

Leia também
  • 03/11/2018 14:02:52

    Asfaltagem do troço que dá acesso a Escola Politécnica inicia este mês

    Luena - As obras da asfaltagem da estrada que liga a cidade do Luena à Escola Superior Politécnica do Moxico (ESPM), afecta a Universidade José Eduardo dos Santos (UJES), no sentido leste, começam este mês (Novembro), anunciou hoje, sábado, o vice-governador provincial para o sector político, económico e social, Carlos Alberto Masseca.

  • 02/10/2018 18:34:06

    Inquilinos recusam-se ocupar casas nos projectos habitacionais

    Ndalatando - Arrendatários das casas sociais, construídas durante a primeira fase do programa de edificação de 200 fogos habitacionais em nove dos 10 municípios da província do Cuanza Norte, recusam habitar nelas, por falta de serviços sociais básicos, como energia eléctrica, água, saneamento básico, postos de saúde e escolas.

  • 15/09/2018 22:20:30

    Moxico: Governador lança primeira pedra para construção de três projectos de impacto social

    Luena - O governador provincial do Moxico, Gonçalves Muandumba lançou hoje, sábado, no Luena, a primeira pedra para construção de uma passagem hidráulica sobre o rio Luena, a Escola primária do bairro Kwenha, bem como a asfaltagem da estrada que liga a cidade à Escola Superior Politécnica do Moxico.

  • 01/09/2018 23:06:49

    Governador satisfeito com execução da centralidade de Ndalatando

    Ndalatando - O governador do Cuanza Norte, José Maria Ferraz dos Santos manifestou-se sexta-feira satisfeito com o curso das obras de construção da centralidade de Ndalatando, que regista níveis elevados de execução.