Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

08 Setembro de 2018 | 09h16 - Actualizado em 07 Setembro de 2018 | 13h48

Recuperação das ruas é responsabilidade do Governo provincial - administração

Luanda - As autoridades administrativas do distrito do Sambizanga, município de Luanda, descartaram a responsabilidade da recuperação das ruas da circunscrição, afirmando ser da responsabilidade do Governo da Província e não local.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop via telefone, o administrador do Sambizanga, António Fiel, disse que a reabilitação das ruas não é da responsabilidade da administração local, mas sim de âmbito provincial.

No entanto, António Fiel disse ter conhecimento de haver já um plano do Governo Provincial para a recuperação, em breve, de várias ruas do Sambizanga.

Os moradores e automobilistas, em declarações à Angop, manifestaram a sua indignação devido ao estado degradante das ruas do Lobito, Comandante Bula e Garcia Neto, no bairro São Paulo.

Na intercepção entre a Comandante Bula e a Garcia Neto, por exemplo, os automobilistas são obrigados colocar os veículos sobre os passeios devido ao mau estado da via, acelerando assim a sua degradação e perigando a circulação dos peões.

Segundo os moradores, alguns buracos, existentes há mais de um ano, foram causados por empresas como a EPAL ou ENDE, pelo que já solicitaram esclarecimentos quer as empresas quer a administração, mas sem respostas.

O automobilista Walter Costa considerou deplorável o estado dessas vias por ser uma situação de a vários meses e solicita a intervenção urgente das autoridades.

Jota Pitra, outro utente da via, disse que as autoridades administrativas parece terem se demitido das suas funções. “É inadmissível e incompreensível que uma zona como esta, considerada nobre, seja desprezada desse jeito, com um problema que aflige centenas de moradores e transeuntes”, reclamou.

Maria Suzeth, moradora do bairro, manifestou-se indignada pós disse ter contactado várias vezes a administração e nunca obteve resultado.

Trindade Costa, outra moradora, apela encarecidamente a administração para que retire com maior celeridade o lixo amontoado na Comandante Bula, assim como as águas imundas aí concentradas.

Em várias ruas pode-se aferir a inoperância das sarjetas e esgotos que impendem a fluidez das águas residuais.

Sambizanga é um dos distritos que constituem a área urbana da cidade de Luanda, na província com o mesmo nome.

Sambizanga tem 14,5 quilómetros quadrados e cerca de 244 mil habitantes. Limita a Oeste com o Oceano Atlântico, a Norte com o município do Cacuaco, a Leste o município do Cazenga e a Sul com os distritos da Ingombota e Rangel.

Leia também
  • 12/10/2018 18:28:07

    Reiniciadas obras de requalificação da cidade do Sumbe

    Sumbe - A retoma da requalificação da cidade do Sumbe, província do Cuanza Sul, está a dar os primeiros passos, cujas obras tiveram início, nos últimos dias, com o levantamento topográfico e aplicação de tubagem para o esgoto.

  • 26/09/2018 15:16:43

    Kilamba Kiaxi requalifica ruas 28 de Agosto e Ana Paula

    Luanda - As ruas 28 de Agosto e Ana Paula, no município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, encontram-se parcialmente interditas para as obras de requalificação que iniciaram esta segunda-feira.

  • 25/09/2018 14:16:04

    Administração do Cazenga reinicia obras na 5ª avenida

    Cazenga - A administração municipal do Cazenga, em Luanda, procedeu o relançamento oficial do projecto de recuperação e melhoria da 5ª avenida no troço que sai do Centro Profissional do Cazenga para a Deolinda Rodrigues.

  • 21/09/2018 01:55:47

    Ministro garante execução das obras do nó viário da zona da UGP

    Luanda - O ministro da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida, garantiu quinta-feira, em Luanda, o financiamento para o inicio da execução das obras de construção do nó viário na Avenida Pedro de Castro Van-Dúnem Loy, na zona da UGP.