Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

14 Setembro de 2018 | 19h03 - Actualizado em 14 Setembro de 2018 | 19h06

Apuradas 13 empresas para execução de projectos de impacto social

Ganda - Treze empresas construtoras, das 26 seleccionadas, foram apuradas para executar as obras de impacto social inscritas no Programa e Investimentos Públicos/2018, no município da Ganda, província de Benguela, soube hoje, sexta-feira, a Angop.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Benguela: Administração municipal da Ganda

Foto: clemente dos santos

Para tal, o Executivo angolano colocou à disposição da administração municipal 490 milhões e 975 mil e 949, 33 kwanzas.

As referidas empresas assinaram, nesta quinta-feira (13), os contratos de adjudicação das obras, cujo concurso público decorreu em duas fases no mês de Julho último e contou com a participação de 37 empresas na fase inicial, tendo sido apuradas 26 para a segunda fase. 

No pacote de investimentos assinados por empreiteiros e o administrador local, Francisco Rodrigues Prata, constam 15 projectos de obras de construção e reabilitação de infra-estruturas de carácter social, prestação de bens e serviços.

O investimento consiste na reabilitação e construção do edifício da ex-câmara municipal, repartição de Educação, ampliação da escola primária nº 37, matadouro, recuperação do jardim municipal, estádio de futebol e 25 quilómetros de terraplanagem das vias periféricas da Ganda.

Consta ainda do contrato, a aquisição e fornecimento de bens e serviços como medicamentos, alimentares, merenda escolar, gás butano e lubrificantes, assim como a reabilitação das repartições de Saúde, Educação, Hospital e Administração Municipal.

Na ocasião, Francisco Prata exigiu aos empreiteiros rigor na qualidade das obras a serem executadas, bem do material a ser utilizado, para continuarem a merecer a confiança das autoridades.

O responsável incentivou as empresas locais a criarem condições para concorrerem nesses concursos, usufruindo das oportunidades decorrentes da capitalização do investimento público.

O administrador agradeceu a comissão de júri pelo profissionalismo demonstrado no apuramento das empresas vencedoras deste concurso, apelando o envolvimento de toda sociedade civil local na fiscalização das obras a serem construídas.

“Cada cidadão deve transformar-se num fiscal para exigirmos qualidade e durabilidade nessas obras, acabando com o fenómeno das obras descartáveis como se constatou em certos momentos”, concluiu.

Leia também
  • 17/08/2018 12:52:46

    Central térmica na Ganda pronta em Novembro

    Ganda - Uma central térmica de 4800 kw, cujas obras estão em fase conclusiva, começa a funcionar em Novembro próximo no município da Ganda, província do Benguela.

  • 08/06/2018 14:28:32

    Selecionadas empresas para obras na Ganda

    Ganda - Vinte e seis empreiteiras, de 37 inscritas, foram selecionadas no município da Ganda (Benguela), para construção e reabilitação de infraestruturas sociais na região.

  • 09/01/2018 12:44:39

    Falta de dinheiro afecta projectos do FAS em Benguela

    Benguela - Sete projectos sociais de 2014-2016, sob responsabilidade do Fundo de Apoio Social (FAS), foram concluídos apenas em 2017 nas localidades de Benguela, Bocoio e Caimbambo, devido a dificuldades económicas dos doadores.