Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

11 Setembro de 2018 | 18h08 - Actualizado em 11 Setembro de 2018 | 18h15

Autoridades tradicionais clamam pela reabilitação do troço Eval Guerra/Gungo

Sumbe- As autoridades tradicionais da comuna do Gungo, município do Sumbe, província do Cuanza Sul, solicitaram hoje, terça-feira, uma intervenção urgente no troço rodoviário Eval Guerra/Gungo, num percurso de 25 quilómetros.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à imprensa, os sobas disseram que a estrada, que liga o cruzamento Eval Guerra/Gungo, está degradada e provoca transtorno na circulação de viaturas e pessoas.

O soba Domingos Pedro disse ser necessário que as estruturas de direito reparem a estrada, pois com o inicio das chuvas será impossível circular naquela via.

Referiu que a comuna é potencialmente agrícola, mas devido ao mau estado da estrada há pouco investimento na circunscrição.

Já o soba Alfredo Manuel referiu que se aproxima a época chuvosa e a grande preocupação dos munícipes locais prende-se com a reabilitação da via de acesso, a fim de permitir uma circulação mais fluida de pessoas e bens.

Referiu que para chegar na comuna antes faziam uma hora, agora estão a fazer três horas, num percurso de 25 quilómetros.

A comuna do Gungo dista a 120 quilómetros da cidade do Sumbe e possui uma população estimada em cerca de 15 mil habitantes.

 

Leia também