Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

15 Janeiro de 2019 | 17h06 - Actualizado em 15 Janeiro de 2019 | 17h05

Escola de construção das FAA forma mais de mil efectivos

Caxito - Mil 525 militares foram formados em construção civil na Escola Prática de Construção e Artes e Oficios das Forças Armadas Angolanas, localizada nas Mabubas, província do Bengo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O estabelecimento de ensino técnico-profissional, inaugurado em 2011, conta com sete salas de aula onde são ministrados os cursos de pedreira, electricidade, canalização, serralharia, carpintaria e armador, pintura, caixilharia, manutenção de vias, climatização e interpretação de projectos.

Desde o ano 2011 que iniciou a formação no curso complementar de sapadores foram formados 237 em engenharia militar.

Em declarações à imprensa no final da visita da governadora do Bengo, Mara Quiosa, o comandante da Escola Prática de Construção e Artes e Oficios das Forças Armadas Angolanas, José Pedro, revelou que as principais dificuldades prendem-se com a falta de energia eléctrica, água potável, falta de transporte e de condições de trabalho para a formação do efectivo.

Em resposta, o director da ENDE no Bengo, Eugénio Domingos, explicou que foi feito o levantamento e constatou-se haver necessidade da aquisição de um posto de transformação e a construção de uma linha de média tensão para resolver a problemática da energia eléctrica na Escola Prática de Construção e Artes e Oficios das FAA nas Mabubas.

Por sua vez, a governadora do Bengo, Mara Quiosa, destacou a importância da Escola Prática de Construção e Artes e Oficios das FAA para a província e o contributo que tem dado ao Governo Provincial do Bengo em matérias das engenharias e construção civil, tendo frisado que vão manter a parceria.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também