Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

02 Fevereiro de 2019 | 13h31 - Actualizado em 02 Fevereiro de 2019 | 13h27

Governo de Luanda orienta reabertura de estradas

Luanda - O Governo da Província de Luanda (GPL) orientou as administrações municipais a reabertura das estradas encerradas para reabilitação, mas cujas obras se encontram paralisadas por falta de financiamento.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Rua Comandante Gika

Foto: Henri Celso

Segundo a orientação do GPL, todas as estradas que se encontram fechas ou obstruídas para obras, quer na periferia como no casco urbano, mas que por motivos financeiros as obras tenham parado há mais de dois anos devem ser reabertas para melhorar a mobilidade rodoviária de Luanda.

Nestas vias deve ser feito trabalho paliativo que permita a circulação rodoviária, descongestionando deste modo o trânsito que existe em algumas zonas, por falta de alternativa.

A orientação foi feita hoje, sábado, pelo governador de Luanda, Sérgio Rescova, durante o encontro realizado na Unidade Técnica de Gestão de Saneamento de Luanda (UTGSL), para o balanço provisório da chuva que caiu sexta-feira, das 11 as 17 horas, em algumas zonas.

Enquanto se esperam por soluções definitivas, segundo o governador, estas estradas devem ser reabertas para que o tráfego flua e sejam minimizados os constrangimentos no trânsito.

A título de exemplo apontou a Primeira Travessa da Avenida Comandante Gika, distrito da Maianga, cujas obras de requalificação do sistema de águas pluviais, melhoria do pavimento, passeios e reposição de lancis, encontram-se paralisadas há mais de dois anos por falta de pagamento.

A recuperação do sistema de drenagem das águas pluviais da Primeira Travessa da Avenida Comandante Gika é da  responsabilidade da Unidade Técnica de Gestão de Saneamento de Luanda (UTGSL)  cabendo a Odebrecht outros trabalhos técnicos.

À Angop constatou na rua, com apenas um sentido de rodagem, alguns meios técnicos da empresa construtora assim como alguns obstáculos que impedem os automobilistas e peões de utilizarem o percurso encerrado.  

A única faixa de rodagem encontra-se extremamente degradada, criando constrangimentos aos automobilistas e transeuntes que frequentam diariamente área que dispõem de vários serviços e uma vasta superfície de um supermercado.

Assuntos Apelo   Província » Luanda  

Leia também
  • 01/02/2019 11:23:46

    Criadas vias provisórias no interior dos bairros do Futungo e Talatona

    Luanda - As vias provisórias que vão ligar o distrito do Benfica, município de Belas, em Luanda, para outras zonas da cidade de Luanda começam a ser sinalizadas a partir da noite de hoje, sexta-feira, devido ao inicio da construção do viaduto na zona do Futungo, no Talatona.

  • 26/01/2019 18:06:46

    Nova ponte metálica liga Malweca e Comandante Bula

    Luanda - Uma nova ponte metálica vai ser erguida nos próximos três meses sobre a vala de drenagem na zona limítrofe entre os bairros Malweca, município de Cacuaco, e Comandante Bula, Cazenga, informou, este sábado, o administrador do Cazenga, Albino da Conceição José.

  • 10/12/2018 14:29:32

    Município do Kilamba Kiaxi carece de Plano Director

    Luanda - O município do Kilamba Kiaxi ( Luanda) carece de um Plano Director Municipal de Gestão Urbanística para o ordenamento do território, afirmou a directora municipal de Gestão Urbanística e Ordenamento do Território, Nilda Francisco.