Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

12 Julho de 2019 | 18h55 - Actualizado em 12 Julho de 2019 | 18h56

Centralidade do Capari com três mil apartamentos desabitados

Caxito - Cerca de três mil apartamentos, que se encontram desabitadas na Centralidade do Capari, município do Dande, província do Bengo, serão entregues nos próximos tempos aos clientes, informou hoje, sexta-feira, o director comercial da Imogestin, Gilberto Monteiro.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Uma das centralidades construídas no país

Foto: Joaquim Tomás

Em declarações à imprensa, à margem da visita da ministra do Urbanismo, Ordenamento do Território e Habitação, Ana Paula de Carvalho, a província do Bengo, o responsável explicou que mil e 600 habitações, das mais de quatro mil construídos, foram já entregues até a presente data pela sua instituição aos inclinos.

Neste momento está em estudo um plano com o Ministério do Urbanismo, Ordenamento do Território e Habitação para dar continuidade do processo de entrega das moradias desocupadas, além do levantamento que está a ser feito dos apartamentos vandalizados.

Por sua vez, a governadora provincial do Bengo, Mara Quiosa, disse que a Centralidade do Capari apresenta alguma preocupação, na medida em que se debate com a carência dos serviços sociais básicos, nomeadamente estabelecimentos comerciais, posto de saúde, esquadra policial e escola primária.

Enquanto estes serviços não forem construídos, o Ministério decidiu entregar temporariamente um edifício para instalação de um posto de saúde para assistência médica e medicamentosa da comunidade do Capari, bem como de um posto policial para acomodar os efectivos e garantir a ordem, segurança e tranquilidade pública da localidade.

Disse que vai receber nos próximos tempos do Ministério do Urbanismo, Ordenamento do Território e Habitação os espaços que estavam reservados para construção dos equipamentos sociais, com destaque para escolas, centro de saúde, esquadra policial e estabelecimentos comerciais (lojas e mercado).

Sobre os 200 fogos do município do Ambriz, também visitados pela ministra do Urbanismo, Ordenamento do Território e Habitação, a governadora do Bengo disse que já há disponibilidade financeira para reiniciar as obras e para poder concluir algumas residências paralisadas desde 2015, assim como as suas infra-estruturas sociais.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também
  • 12/07/2019 18:55:36

    Ministra do Urbanismo reitera redução dos preços de habitações

    Caxito - A ministra do Urbanismo, Ordenamento do Território e Habitação, Ana Paula de Carvalho, afirmou hoje, sexta-feira, no município do Ambriz, província do Bengo, que a redução dos preços de habitações nas centralidades do país vai contemplar apenas as casas de renda resolúvel comercializadas com preços altos.

  • 12/07/2019 05:38:00

    Asfaltagem da via do Cawango termina em Agosto

    Caxito - As obras de asfaltagem do troço Mercado do Cawango-Administração municipal do Dande, numa extensão de 1.220 metros, terminam em Agosto, fez saber hoje, quarta-feira o director do Gabinete provincial dos Serviços Técnicos e Infra-estruturas do Bengo, Edgar Hilário.

  • 29/05/2019 16:54:06

    Reabilitação da estrada das Mabubas orçada em mais de Akz 300 milhões

    Caxito - Trezentos e oitenta milhões de kwanzas foram investidos na reabilitação de sete quilómetros de estradas, das principais artérias da sede comunal das Mabubas, município do Dande, província do Bengo, com vista a facilitar a circulação com maior fluidez de pessoas e bens.