Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

24 Julho de 2019 | 12h29 - Actualizado em 24 Julho de 2019 | 12h28

Primeiras casas da aldeia de Canaúlo serão distribuídas este ano

Golungo Alto - As primeiras 151 residências construídas no âmbito do projecto habitacional da aldeia rural de Canaúlo, no município de Golungo Alto, província do Cuanza Norte, serão entregues no decurso deste ano às populações, de acordo com a administradora municipal, Teresa da Costa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Teresa da Costa prestou esta informação à imprensa, nessa terça-feira, no final da visita do governador do Cuanza Norte, Adriano Mendes de Carvalho, à circunscrição com o objectivo de constatar as dificuldades das populações locais.

Segundo a responsável, o projecto, cujos trabalhos de acabamento das residências encontravam-se paralisadas desde 2014, devido ao abandono pelo empreiteiro, está presentemente a beneficiar de obras de instalação da rede de abastecimentos de energia eléctrica e água potável para, dentro em breve, começar a receber os primeiros moradores.

O projecto, orçado em nove milhões e 997 mil dólares, contempla a construção de 256 casas da tipologia T3.

A empreitada teve início em 2008, mas as obras começaram apenas em 2012 devido às alterações que foram introduzidas, por determinação do promotor do projecto, o então Ministério da Família e Promoção da Mulher, o que levou a uma reprogramação do mesmo.

Além de residências, o projecto Aldeia Rural de Canaúlo, inclui um pavilhão de artes e ofícios, escola, entre outras infra-estruturas sociais de apoio ao desenvolvimento da região, mas que nunca chegou a se concretizar por razões desconhecidas.

Segundo Teresa da Costa, as residências vão beneficiar 256 famílias das localidades de Canaúlo I e II, bem como do Malesso.

A localidade de Canaúlo II foi escolhida pelo governo para abarcar o projecto-piloto de construção da aldeia rural da província do Cuanza Norte.

A localidade situa-se a 10 quilómetros da sede municipal do Golungo Alto e conta com uma população estimada em mais de 800 habitantes que têm a agricultura como principal fonte de subsistência.

Leia também
  • 03/07/2019 20:02:06

    Vandalismo retarda obras de combate à ravina no Luena

    Luena - A vandalização no mês transacto de uma das máquinas da empresa de construção civil "Afavia", encarregue das obras de combate à ravina localizada no bairro "4 de Fevereiro", arredores da cidade do Luena, provocou a paralisação temporária dos trabalhos.

  • 23/06/2019 22:47:48

    Urbanismo estuda redução de preços de habitações

    Lubango - O Ministério do Ordenamento do Território e Habitação está a estudar um mecanismo para reduzir os preços das habitações nas centralidades do país informou hoje, domingo, no Lubango, a ministra do sector, Ana Paula de Carvalho.

  • 05/06/2019 15:45:29

    Acidente corta circulação na estrada 230

    Saurimo - A circulação rodoviária na Estrada Nacional (EN) 230, no troço Cacolo/Saurimo (Lunda Sul), está parcialmente cortada desde terça-feira, devido ao capotamento de um camião.